Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON



Fundadores



Protego

Compartilhe | 
 

 Residência de Férias - Família Ravenclaw

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Helena Ravenclaw

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/07/2011

MensagemAssunto: Residência de Férias - Família Ravenclaw   Qui Jul 14, 2011 9:50 pm



Aqui era a antiga casa dos pais de Rowena Ravenclaw que antes de morrerem dividiram seus bens entre os filhos deixando a casa para a filha mais nova.
Por tempos tal casa fora apenas uma residência de férias que era visitada normalmente nas festas de fim de ano, porém Helena Ravenclaw agora mora ali para estudar com a melhor tutora da Romênia, é ali que ela vive e só volta para a casa da mãe em Londres quando completa os estudos do ano.

Visitas são bem vindas, logicamente fora dos horários de aulas e treinamentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Helena Ravenclaw

avatar

Mensagens : 7
Data de inscrição : 03/07/2011

MensagemAssunto: Re: Residência de Férias - Família Ravenclaw   Ter Jul 26, 2011 1:58 pm

Runas! Eu definitivamente odiava aquela disciplina! Judith insistia que era necessário aprender o máximo de assuntos possíveis se eu quisesse ser alguém na vida, e era isso que me fazia aguentar duas longas horas sentada na cadeira da sala de jantar ouvindo toda aquela coisa sem um pingo de emoção. Com a pena sempre na mão eu não parava um segundo de copiar tudo o que a tutora dizia, quanto mais rápido eu entendesse o assunto, mais rápido terminaríamos.

Um chá de limão fumegava ao lado dos pergaminhos, eu bebericava algumas vezes enquanto fazia as tarefas, aproveitei para deixar as outras matérias em dia também e agora lia o livro Padrão de Feitiços - Volume IV, modéstia a parte eu estava bem adiantada do que a maioria dos bruxos da minha idade que moravam por perto, eu havia herdado a fome de saber da minha mãe.

- É óbvio que não convidei ninguém, Judith! Estou cansada de saber que só posso receber visitas após o horário de estudo! Não sou nenhuma estúpida! – encarei a bruxa com um olhar enraivecido quando ouvimos alguém bater na porta. – Ela me trata como uma criança! – resmunguei repousando a pena na mesa e tomando um pouco mais de chá enquanto Judith ia atender a porta se preparando para xingar quem quer que fosse.

- Oh! Senhorita Rowena! Sir Slytherin!

- O que? QUEM? – gritei me levantando e correndo até a porta. – MAMÃE! – sorri emocionada a abraçando com força, quantas saudades eu sentia dela! A deixei me olhar por alguns segundos, eu gostava quando ela dizia que eu estava cada vez mais bonita. – TIO SALAZAR! – abri um sorriso enorme e pulei o abraçando com carinho, eu o adorava. – Merlim! O que vocês fazem aqui? Pensei que nos veríamos apenas no fim do ano! É claro que estou me alimentando bem, mãe! E sim, estou estudando! Aliás, vocês interromperam a deliciosa aula de runas antigas! – falei ironicamente e sorri ao me sentar na sala vendo as duas pessoas que eu mais amava na vida ali, na minha frente. – Essa visita inesperada me deixou preocupada! Aconteceu alguma coisa? – perguntei enquanto tentava me desvencilhar do monte de dedos da minha mãe que tentava fazer uma trança em mim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Salazar Slytherin
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 608
Data de inscrição : 17/07/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residência de Férias - Família Ravenclaw   Qui Jul 28, 2011 8:21 pm

-Vamos chegar atrasados...-Resmungara olhando para a porta enquanto aguardava Rowena terminar de se arrumar. Não haviam realmente marcado horário com nada. Porém sentia-se ansioso desde a noite passada para ir em tal local. Na verdade, sentia-se diferente, sentia-se pai e aquilo era estranho ainda de se entender ou sequer ser pronunciado. Ouvira Rowena resmungar algo e sorriu se virando e encarando a mulher. Caminhando em sua direção e lhe beijando suavemente os lábios.

-Pare com isso… Eu não sou ou estou fofo, onde já se viu.. Fofo... Eu não sou sua cabra pra ser algo fofo...-Resmungava ignorando as palavras da bruxa, que desde cedo o provocava sobre o quão ansioso estava. -Vamos logo… Não não estou nervosa… estou apenas… Iremos contar a ela hoje? Okay.. Okay eu deixo você ver primeiro... Mas.. Certo. -Murmurara dando por encerrado o assunto, não queria que começassem a discutir. Logo caminhando para fora da casa olhando para Rowena com desgosto. -Odeio aparar dessa forma.. Não é machismo. Claro que confio em suas habilidades querida.. menos as de cozinha... Olha a violência, agora posso lhe acusar de violência domestica meu bem.-Completara a abraçando pela cintura e arqueando a sobrancelha para esta enfim aparatar com ele.

Romênia...

Após aparatarem sentiu os pés tocarem o chão e se virou fitando uma casa bonita e olhando ao redor de firma curiosa. Se situando onde realmente estava ouvindo Row, falar o local e deu um sorriso a esta sacudindo depois a cabeça. Ainda levemente desconfiado. Apesar da casa ser bela, realmente pensava se ali era o melhor local para sua filha, afinal Helena deveria estar vivendo em seu castelo, cercada de elfos, damas de companhia e longe de qualquer...

-Os vizinhos são trouxas? Não me diga que deixou minha filha conviver com trouxas, Rowena...-Murmurara pesaroso lentamente enquanto caminhavam em direção a porta da residência, segurando a mão da mulher mas esta já batera na porta. -Você poderia esperar… Lógico, desculpe se eu estou aqui vivendo uma situação.. Oh.-Calara-se ao ver a porta ser aberta por uma senhora um tanto cheia, pra todos os lados. E sorriu ou melhor tentou. Mas na verdade tinha aligeira impressão que fez uma careta. Ele esperava que Helena abrisse a porta e se em nome de Merlin Rowena falasse que aquela era a filha dele, ele enfiaria a mulher numa banheira de leite de cabra e coma própria cabra junto.

-Oh Olá… -Falara olhando rapidamente para Rowena, qual era o nome daquela senhora? Clotilde? Francisca? Lurdes? Camélia? Mas por sorte sua filha os interrompera abraçando a mãe e a fitou em silencio, não se pronunciando. Pó breves instantes imaginara se um dia ela o receberia da mesma forma, porém gritando Pai... Se via agora desejando ouvir o som dessa palavra. E seu sorriso surgiu espontaneamente quando esta gritou seu nome, o abraçando apertado. -Olá Helena...-Murmurou ainda a abraçando apertado. Lhe dando um beijo suave na testa, e passando a mão suavemente na bochecha desta. -Como você está?-Perguntou abraçando Rowena pelos ombros e piscando para a jovem. Antes de gargalhar diante da informação sobre o que estudava.

-Runas antigas é uma miséria... Ai mulher só disse a verdade e...-E logo Rowena tratou de defender a matéria enquanto caminhavam sussurrou no ouvido de Helena. -É uma porcaria…-Confidenciou piscando para a jovem, afinal agora deveria contratar os melhores professores, na verdade professoras. Não queria homens perto da menina.

-Ela puxou isso de falar de você...-Murmurara no ouvido de Rowena, puxando a cadeira para esta sentar e fazendo o mesmo para Helena, antes de se acomodar na mesa com tranqüilidade, levitando para longe os livros e dando um sorriso quase inocente. -Logicamente não aconteceu nada… Não posso ter saudades?-Questionara calmamente, olhando atentamente o interior da casa, era bonito. Mas ainda assim ela estaria melhor em seu castelo.





OFF
Não sabia mais o que por X.x

__________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Rowena Ravenclaw
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 386
Data de inscrição : 17/07/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 15
Ataque: 3
Defesa: 2

MensagemAssunto: Re: Residência de Férias - Família Ravenclaw   Sex Jul 29, 2011 11:58 am

    -- Se acalme homem! Viagens de ultima hora requerem preparativos de uma hora! E esse meu cabelo está definitivamente fora dos padrões sociais, jamais posso sair em publico com essa juba! Nesse momento eu poderia ser a fundadora da Grifinória, meu querido. Juba pra dar e vender... AI! Maldito grampo...

    Rowena resmungava e conversava gritando do quarto enquanto Salazar já aguardava na sala, ele estava nervoso desde manhã e aquilo estava divertindo a bruxa de uma maneira incrível, porém ela tentava ao máximo não demonstrar tal graça, isso o deixaria ainda mais nervoso. Agir com naturalidade, vamos lá Rowena, naturalidade.

    - Pronto! Fui vencida pela trança, preciso de mais cremes, urgente! – comentou repousando a mão no braço do bruxo e ambos caminharam para o exterior da casa antes de ganhar um leve beijo nos lábios. – Você é tão fofo, meu amor! – sorriu carinhosa antes de gargalhar da resposta dele, ela o adorava. – Não meta a Safira nessa história! Já sinto saudades da minha cabra! Logicamente que vamos assim! Está duvidando dos meus dotes mágicos, Salazar? Que machista! Fique calado, será melhor para você e sua saúde física e mental. – respondeu o encarando antes de rir e aparatar com ele.

    ---

    - Aaaaahh que saudades daqui! – inspirou o ar puro do lugar abrindo um sorriso. – Meus pais moraram aqui por looongos anos! Há uma vila trouxa logo lá embaixo! – apontou para oeste. – Minha filha foi muito bem educada para aprender a respeitar todo o tipo de gente! Não seja cabeça dura! – retrucou ao ouvir as reclamações dele sobre trouxas.

    Caminhou tranquilamente observando a belíssima paisagem, as flores, a névoa, o céu, as cerquinhas em torno da casa, tudo tão familiar e agradável! Logo alcançou a porta e já bateu três vezes delicadamente rindo dos resmungos de Salazar e rindo ainda mais ao vê-lo se calar instantaneamente quando a porta fora aberta.

    - Judith minha querida! – sorriu a abraçando levemente e cutucando as costelas do bruxo ao seu lado para que ele também a cumprimentasse. – Colar maravilhoso esse o seu! – elogiou sorrindo para a tutora. – FIIIIIIILHAAAA! – gritou ainda mais alto que a filha e a abraçou com força enquanto acariciava. – Você está tão lindaaa, querida! Tão lindaaa! – beijou a face da pequena antes de observá-la correr para Salazar, e sua barriga gelou. – Não seja boba, Helena! Runas Antigas é uma disciplina muitíssimo importante para nossos aprendizados! – beliscou Salazar e adentrou à casa filosofando sobre a matéria.

    – São mistérios desvendados, novas culturas! – divagava abrindo os braços antes de se acomodar e agora fazia uma trança nos cabelos da filha. – Fique parada! – ordenou antes de apertar as bochechas dela. – Imagina, querida! – lançou um olhar para Salazar que ‘explicava’ a visita. – Exatamente, apenas saudades, estamos aproveitando esses dias de férias e... Cof... – agora era ela que começava a ficar nervosa. – Judith peça para a elfinha trazer um suco, sim? Obrigada. Bom... ahm... Conte-nos como estão indo os estudos e... AH! O SUCO! OBRIGADA! – praticamente gritou antes de tomar metade do copo de suco de abóbora.

    Aquela visita seria mais difícil do que imaginava.

MENINAAAAAAA temos que ver como faremos isso!
ahuauhauhauh
;*


__________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://fidelius-rpg.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Residência de Férias - Família Ravenclaw   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Residência de Férias - Família Ravenclaw
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Família Wittelsbach
» Família Donati
» Família Salvatore
» Família Miller
» Contos Cantados e Histórias Narradas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: Residência - Mundo Bruxo e Trouxa-
Ir para: