Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON



Fundadores



Protego

Compartilhe | 
 

 Castelo da Família Real

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Christian Accappatollo
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 28/09/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 4
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Castelo da Família Real   Dom Out 02, 2011 12:59 am




Localizado na Região Central da Itália, fica o castelo da Família Corleone, a Família Real Italiana, a Família é composta pelo Rei Matteo Corleone, a Rainha Giovanna Corleone e o jovem Príncipe Michael Corleone.
Por Michael ser bruxo e o castelo viver em uma região trouxa, o mesmo utiliza outro nome no mundo da magia, portanto, Michael Corleone no mundo mágico passa a se chamar Christian Accappatollo.




O maior quarto da casa e o mais confortavel, é o quarto do Rei e da Rainha, localizado ao Sul do castelo.


Quarto do Rei Matteo e da Rainha Giovanna:
 


O segundo maior quarto da casa pertence atualmente ao único herdeiro ao trono, o Príncipe Michael, sendo o local favorito do mesmo no castelo, para os empregados do castelo, é bem comum ver o garoto no quarto sozinho durante horas.


Quarto do Príncipe Michael:
 


Outro lugar favorito do jovem príncipe, é a Biblioteca Real, possuindo dois andares a mesma tem livros que não pode ser encontrado em nenhum outro lugar do Reino.


Biblioteca Real:
 


A Sala dos Tronos, é onde o Rei e a Rainha passam a maior parte do tempo, recebendo os moradores de seus reinos, que vem muitas vezes contar ao Rei e a Rainha sobre as dificuldades do Reino, é comum se ver uma grande fila de pessoas quase diariamente no local. Porém é difícil para não se dizer quase impossível de se ver o Príncipe nesse local, por questões de segurança ou até pelos estudos do mesmo. As raras vezes que o Príncipe se encontra no local, o mesmo está junto com os demais guardas disfarçado, apenas observando os procedimentos que deverá tomar ao assumir o trono.


Sala dos Tronos:
 


A Sala de Jantar apesar de grande, nem sempre está tão cheia, geralmente nas refeições se sentam a mesa apenas os três integrantes da Família Real, são poucas as vezes que os demais lugares são ocupados e quando o são, geralmente são ocupados por outras famílias reais.


Sala de Jantar:
 


O Salão de Festas é um local bem grande, onde acontece algumas festas que o rei dá para o seu povo, geralmente quando se tem algum acontecimento importante, como o nascimento do príncipe e o aniversário do mesmo, porém nesse ultimo citado, o local recebe mais convidados de outros países, pois o aniversário acaba se tornando um evento onde o príncipe é apresentado aos integrantes dos demais reinos.


Salão de Festas:
 


A Sala de Estar é utilizada apenas pela família Real, nos dias e horários destinados a passarem juntos.


Sala de Estar:
 


A Sala de Chá é mais utilizada pela Rainha Giovanna onde são feitos alguns pequenos eventos que a mesma organiza com Rainhas e Princesas de outros reinos.


Sala de Chá:
 


O castelo ainda é formado por muitos outros cômodos, cada um tem uma utilização especial, como a sala das armas, as prisões nas masmorras, entre muitos outros.


Demais cômodos:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Família Corleone

avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 03/10/2011

MensagemAssunto: Re: Castelo da Família Real   Qua Nov 23, 2011 8:44 pm




 


DECEPÇÃO


TINHA QUE SER UM MALDITO BRUXO





Post 01:
 

O rei Matteo estava em um dos cômodos do castelo, com o alfaiate fazendo ajustes nos novos trajes do rei, a demora deixava Matteo inquieto e irritado, ele achava que era uma grande incompetência do alfaiate não ter já decorado as medidas dele e sempre precisar realizar esses testes, mas Matteo não sabia que o pior ainda estava para vir, com um certo medo o seu mais fiel guarda entra no salão, se ajoelhando na frente do rei fazendo uma grande reverência.

Guarda escreveu:
- Vossa Majestade.

- Diga o que queres logo, não vês que estou ocupado?

Essa imagem de um rei que deviam temer, era conhecida apenas pelos que trabalhavam no castelo, para todos os demais o rei era uma pessoa extremamente bondosa, era assim que eu conseguia cada vez mais o amor dos habitantes de seu reino. O guarda então se levantou e ainda demonstrando respeito se aproximou do rei.

Guarda escreveu:
- Vossa Majestade, o jovem príncipe Michael fugiu enquanto era levado para seus deveres para com a igreja, já iniciamos a busca por ele.

- Aquele moleque.

O rei vociferou de raiva, para ele Michael fazia isso enfrenta-lo, não tinha outro motivo pelo qual ele fazia isso, o rei desceu do pequeno degrau que estava, antes de o alfaiate terminar as marcações, mas o mesmo não se atrevia a falar isso com o rei, ele apenas se levantou e tirou aquelas vestes do rei, pois ainda não estavam pronta e o guarda se aproximou do rei ajudando-o a se vestir, o alfaiate logo se retirou após um sinal silencioso do guarda e foi só este sair para o rei continuar.

- Eu sabia que deveria ter deserdado aquele garoto quando descobri que o mesmo era um bruxo, um escolhido pelo demônio para ter poderes e perturbar a paz de cristãos como nós, mas Giovanna quis tanto que eu apenas o aceitasse... Bem que dizem, que a mulher foi criada pelo demônio para fazer os homens provarem sua fidelidade à Deus, e como eu cai nas armadilhas dela, Deus está me punindo agora, com esse garoto rebelde que leva o meu nome.

Apenas esse guarda sabia que o filho do rei era um bruxo, ele era de extrema confiança do rei. Assim que Matteo terminou de se vestir foi em direção a porta, dando ordens ao seu guarda.

- Achem-o e o leve direto para o pátio e me comuniquem quando acha-lo, se não o acharem até o Sol se por, vocês irão ser castigado.

E sem dizer mais nenhuma palavra o rei foi para o seu quarto no castelo, aguardar que os guardas incompetentes achassem seu filho e não muito tempo depois o seu guarda surge no quarto.

Guarda escreveu:
- Vossa Majestade, o jovem Corleone foi localizado, estava na floresta, a carruagem está se aproximando do castelo, os guardas ja foram instruidos a o levarem direto ao pátio.

Matteo se levanta imponente da cama que estava sentado e não diz nada a princípio, apenas ao sair do quarto ele fala em voz baixa para o guarda.

- Procure a rainha e leve-a para o pátio, quero que ela presencie o castigo e o motivo pelo qual ele estará sendo castigado.

E a dizer isso, ele desceu em passos lentos para o pátio, esperando que os guardas tivessem já preparado tudo, pois sabiam o que a sentença de leva-lo para o pátio queria dizer, porém dessa vez seus guardas se mostraram competentes e Michael estava já no pátio perto do mastro de castigo, Matteo nada disse até ver a rainha se aproximar, mas como sempre fazia quando o filho era castigado, Giovanna não se aproximou muito, Matteo deu um pequeno sorriso e então se aproximou do filho.

- Michael Corleone, seu comportamento essa tarde foi o mesmo que de um camponês fugitivo, isso não é o comportamento aceito para um príncipe e como insiste em se comportar como um simples camponês, será tratado como igual, pois se apenas palavras não lhe são o suficiente para que se comporte como membro da realeza, um castigo físico deverá ser o suficiente.

Matteo não tinha pena de Michael por sua pouca idade ou por ser filho dele, pois como filho único Michael que assumiria o reinado e carregaria o nome Corleone adiante, então ele tinha que estar preparado quando esse dia chegasse, o próprio Matteo já havia sofrido castigos físicos quando mais novo, porém por muito menos, e isso apenas o tinha feito se tornar um homem mais forte.

- A ordem que lhe foi dada pelo seu rei era que fosse até a igreja, se confessasse pelos pecados cometidos e retornasse ao castelo, mas isso não foi obedecido, como castigo por tal rebeldia serás castigado com 30 chibatadas como manda a lei vigente em nosso reinado. Deverás retirar sua camisa e voluntariamente ir até o mastro de castigo para cumprir sua sentença, qualquer tentativa de fuga será em vão e apenas aumentará a punição. Agirás como um homem e aceitarás sua punição?

Isso provavelmente assustaria qualquer criança da idade de Michael, que iria implorar o perdão do pai, ou tentaria fugir, mas não era assim que Michael agiria, não era a primeira vez que ele era castigado pelo pai daquela forma e sabia que o melhor era agir como um homem agiria e aceitar a punição, por isso apenas respondeu que sim, sendo solto pelos guardas, Michael então retirou a parte superior de suas vestes ficando com o tronco nu e foi até o mastro do castigo, onde seus braços foram presos para frente do mastro, deixando as costas de Michael totalmente expostas.

Matteo odiava a rebeldia do filho, mas se orgulhava da coragem que o mesmo demonstrava, Matteo estava criando um homem e pelo isso Michael havia aprendido, o carrasco se aproximou do garoto, não se sabia se o carrasco era já uma pessoa fria e cruel por natureza, ou se foram as ameaças de Matteo que o tornaram o que el era hoje, mas assim como rei, o carrasco não via um garoto ali e sim um homem que devia ser castigado e por isso quando deu a primeira chibatada, ele não poupou suas forças, nem na segunda e nenhuma das demais chibatadas que estava dando em Michael.




INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: GUARDA (NPC) MICHAEL (QUE ESTÁ REGISTRADO COMO CHRISTIAN ACCAPPATOLLLO DEVIDO A TRAMA FUTURA) E GIOVANNA (NPC)
CITOU: MICHAEL (QUE ESTÁ REGISTRADO COMO CHRISTIAN ACCAPPATOLLLO DEVIDO A TRAMA FUTURA) E GIOVANNA CORLEONE (NPC)
OBSERVAÇÕESPOST APENAS DO MATTEO, JÁ QUE REAÇÕES DE GIOVANNA SÓ IRÃO APARECER NO PRÓXIMO POST.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Christian Accappatollo
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 28/09/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 4
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Castelo da Família Real   Qui Nov 24, 2011 8:22 pm




 


CASTIGO


MAS VALEU A PENA





Post 01:
 

Eu sabia que eu seria severamente castigado pelo meu pai, por aquela fuga, mas de certa forma tinha valido a pena, por mais que alguns pudessem achar que era loucura ser castigado da forma que eu sei que seria para apenas umas horas de liberdade, eu não pensava assim, naqueles poucos momentos que fiquei na floresta, eu me senti um garoto normal, me senti livre e o gosto da liberdade era tão bom. Da janela da carruagem eu via o castelo se aproximando, dessa vez não tinha como fugir, dois guardas estavam comigo dentro da carruagem e qualquer movimento meu os deixaria em alerta.

Assim que a carruagem parou no pátio, um dos guardas que estava no castelo veio dar uma ordem aos guardas que estavam comigo, que me seguraram pelos braços me levando ao pátio central, perto do mastro de castigos, não demorou muito para que meu pai, o rei aparecesse e então no canto eu pude ver a minha mãe, esse era o único momento que eu me arrependia do que fiz, com o olhar da minha mãe, não um olhar de decepção, acho que isso me mataria, mas um olhar de tristeza, assim como eu, ela sabia o que estava por vir e sabia que não poderia fazer nada, o meu pai, ou melhor, o rei se aproximou de mim.

Matteo Corleone escreveu:
- Michael Corleone, seu comportamento essa tarde foi o mesmo que de um camponês fugitivo, isso não é o comportamento aceito para um príncipe e como insiste em se comportar como um simples camponês, será tratado como igual, pois se apenas palavras não lhe são o suficiente para que se comporte como membro da realeza, um castigo físico deverá ser o suficiente.

Eu o olhei, encarando-o, não como se estivesse desafiando-o, mas sim encarando a situação como um homem, que era o que eu era, encarando as consequências de meus atos, pois eu sabia que não tinha como fugir do que estava por vir, o rei Matteo continuou.

Matteo Corleone escreveu:
- A ordem que lhe foi dada pelo seu rei era que fosse até a igreja, se confessasse pelos pecados cometidos e retornasse ao castelo, mas isso não foi obedecido, como castigo por tal rebeldia serás castigado com 30 chibatadas como manda a lei vigente em nosso reinado. Deverás retirar sua camisa e voluntariamente ir até o mastro de castigo para cumprir sua sentença, qualquer tentativa de fuga será em vão e apenas aumentará a punição. Agirás como um homem e aceitarás sua punição?

- Sim senhor.

Eu lhe respondi de forma confiante, apesar de que não era como eu me sentia, quando a sentença foi pronunciada meu corpo estremeceu, mas eu sabia que não deveria fraquejar, um cavalheiro, e eu estava sendo treinado para tal, não fraquejava ao encontrar um obstáculo, ele encarava de frente seu fardo e foi o que eu fiz, retirei a camisa entregando-a ao guarda, ficando com o tronco nu, segurei a cruz que estava em meu pescoço e nessas horas pensava nele, em Jesus, se ele aguentou todos os castigos que lhe foi dado e nem errou, quem era eu para reclamar dos castigos que me seriam dados?

Fui até o mastro e peguei em meu bolso o terço que eu levava para a igreja e então abracei o mastro segurando o terço em ambas as mãos, minhas mãos foram presas e eu sabia que seria a qualquer momento que receberia o castigo, eu fechei meus olhos e segurando o terço comecei a pedir a Deus para que me desse forças para aguentar aquele meu castigo.

- Senhor, me desculpe por faltar meus compromissos com a igreja, mas me dê forças para.... Ahhhhhhhh.

Senti minhas costas arderem ao sentir a primeira chibata, meus olhos encheram de lagrimas e eu quase perdi o equilibrio, mas então eu me recompus, voltando a ficar na posção.

- Senhor por favor me dê forças para ficar de pé até o final... Ahhhhhh!!!!

Mais uma chibatada, dessa vez eu tinha conseguido me segurar melhor no mastro e não cai, eu respirei fundo, sentindo as lagrimas escorrerem pelo meu rosto antes que eu conseguisse segura-las.

- Faça com meus gritos não possam ser ouvidos pela minha mãe Senhor, ela não deve ser punida pela minha rebeldia...

Eu pedia a Deus cada vez mais rápido, tentando falar entre as chibatadas e a cada nova chibatada, era mais um grito, eu sentia minhas costas queimarem, mas eu me manteria firme até onde eu conseguisse.

- Senhor, eu posso ter sido um dos escolhidos de seu inimigo para ter poderes, mas eu prometo continuar sendo um bom homem...

E mais uma, a dor era insuportável, por mais que aquele não fosse meu primeiro castigo, eu nunca conseguiria me acostumar com aquela dor, desta vez a minha respiração estava mais rapida e eu demorei mais para me recompor, pude ver que minha mãe olhava para mim, mostrando que estava ali para mim, mas pude ver o sofrimento dela.

- Me faça forte para não faze-la sofrer Senhor...

Eu odiava ver o sofrimento no olhar de minha mãe e saber que isso fora causado por mim, eu virei o rosto para o outro lado para ela não ver as lagrimas que caiam dos meus olhos. E assim continuou, a cada vez que sentia o chicote estalar em minhas costas, eu pedia forças para Deus, até eu não conseguir pedir mais, não conseguia pensar, só conseguia desejar que aquilo tudo acabasse e eu não mais ajeitava o corpo, eu estava em pé apenas porque as cordas seguravam o meu corpo pelos meus braços, em um momento eu não sentia mais dor, eu na verdade não sentia mais nada e nem escutava o som ao meu redor, apenas senti os meus braços serem soltos e então eu ser carregado, foi quando tudo apagou a minha frente, mas antes de tudo apagar eu consegui ainda agradecer a Deus por ter me dado forças para aguentar até o final.



INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: MATTEO CORLEONE
CITOU: GIOVANNA E MATTEO CORLEONE
OBSERVAÇÕES AÇÃO DE MICHAEL/CHRISTIAN FINALIZADA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Castelo da Família Real   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Castelo da Família Real
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Tudo 1 Real, Clicks com ate 40% de desconto!!!
» [pedido] tileset castelo, masmorra, estabelecimento congelado
» Família Donati
» Família Salvatore
» Real Hogwarts(Online)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: Residência - Mundo Bruxo e Trouxa-
Ir para: