Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON

Fundadores




Protego

Compartilhe | 
 

 23.11.1805 - RP Fechada - Hades e Agatha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Hades de Mileto
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 612
Data de inscrição : 07/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 2
Ataque: 5
Defesa: 3

MensagemAssunto: 23.11.1805 - RP Fechada - Hades e Agatha   Qua Dez 05, 2012 8:56 pm

RP FECHADA


Vinte e três de Novembro de 1805
Terça-feira, manhã, aproximadamente 05:40
Tempo frio, céu fechado, ventando.

PARTICIPANTES:
Agatha Bittencurt
Hades de Mileto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hades de Mileto
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 612
Data de inscrição : 07/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 2
Ataque: 5
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: 23.11.1805 - RP Fechada - Hades e Agatha   Qua Dez 05, 2012 10:59 pm




good morning... or not

Trapped in a lonely body I'm losing control Can't show my emotions And I'm losing my soul Could it be that I'm obsessed with feeding my disease I couldn't make it know the hidden things no one sees Yeah Loser, I'm a secret loser --- post 001




Minha cabeça latejava e eu estava com frio. Detalhe: MUITO frio. Havia algo de errado, porque o dormitório era sempre tão quentinho. Tive dificuldade para abrir meus olhos, parecia que eles estavam colados, mas quando consegui, me lembrei que não estava no dormitório. Definitivamente, o dormitório masculino da Grifinória não tinha paredes de madeira descascando, móveis rasgados e empoeirados, as janelas não eram pregadas com tábuas e definitivamente não cheirava a mofo. E também não balançava. É, eu não estava em meu dormitório, dormindo em minha cama quente e macia. Pelo contrário, estava naquela casa esquisita, deitado no chão de madeira velha e suja.

E pelado.

Aos poucos, minha memória foi voltando enquanto eu me vestia. Normalmente, eu não demoro para me lembrar que havia sido Lua Cheia e toda aquela coisa de lobo havia acontecido. Mas a julgar pela dor em minha nuca, eu devia ter batido com a cabeça e por isso estava lerdo desse jeito. Aposto que Eros diria "Você é lerdo todo dia, gordo", mas isso não interessa. E apesar de todos os meus músculos estarem formigando e eu me sentir zonzo, até que não estava tão mal. Talvez, e apenas um graaaande talvez, as transformações estejam ficando menos terríveis e arrasadoras. Ou talvez a Poção do Sono que Apolo me deu tinha uma concentração maior. Não importa, era bom acordar e não estar se sentindo um lixo.

Pelo menos, não um completo lixo.

Ainda estava escuro, encontrei minha varinha largada debaixo do que restava de um sofá. Murmurei o feitiço e a ponta dela ascendeu-se, iluminando todo o cômodo. Cara, há alguns meses atrás, esse lugar estava em decadência. Agora, comigo passando as Luas Cheias aqui, esse lugar simplesmente está um caos duplicado. Se a casa era mesmo mal assombrada, aposto que as assombrações foram embora, porque nem elas devem gostar de morar num lixão como esse.

Desci o alçapão que levava ao corretor subterrâneo até o castelo, lá encontrei a Capa de Invisibilidade, mas nada dos meus irmãos. Sinceramente? Eu prefiro assim. Acordar e saber que eles não passaram a noite ali embaixo, correndo perigo, é bom. Talvez Eros tenha se engraçado com alguma garota no caminho, e Apolo pode ter passado mal de tanto comer na cozinha, não importa, o importante é que eles estavam seguros.

Hogwarts estava silenciosa. Ok, é de madrugada, mas entenda, aquele castelo NUNCA é silencioso. Chega até a dar medo quando ele está assim, a primeira coisa que eu penso é "Deu merda!", mas isso talvez porque eu sou realmente otimista.
De qualquer forma, estava tudo perfeito demais. Eu estava inteiro, apesar de cansado fisicamente e psicologicamente, meus irmãos não estavam no alçapão e não havia uma alma viva em Hogwarts para me pegar, mesmo que eu estivesse com a Capa. Era tudo muito bom, e só podia significar uma coisa.

Ia dar merda.

Atravessei a passagem da Mulher Gorda, com aquela chata resmungando por ser tão cedo e estar ouvindo coisas, e despi a Capa ao entrar no comunal. E como eu havia dito, tudo estava bom demais pra ser verdade.

Dormindo tranquilamente no sofá do comunal, estava minha namorada. Não sei como consegui mentir durante quase seis meses para ela, escondendo essa minha coisa de lobisomem, definitivamente, eu não faço ideia. Porém, algo me dizia que ela já estava começando a suspeitar, talvez não suspeitasse do que eu era, mas com certeza, Agatha estava sentindo o cheiro de mentira no ar. E isso realmente me preocupada. Eu não queria contar para ela o que eu era, gostava dela demais pra isso, para vê-la assustada e com medo de mim, mas como Apolo dizia, eu não conseguiria esconder para sempre.

Porém, poderia esconder por mais um dia.

Sorrateiramente, me cobri com a Capa e caminhei até as escadas, tomando todo o cuidado do mundo para não fazer o menor ruído e acordar a loira. Eu sabia que Agatha não tinha um sono leve, mas com a minha sorte, era possível que ela acordasse com o som de minha respiração.
Tudo estava indo bem. Bem até demais para mim. Eu estava quase alcançando as escadas, quando consegui tropeçar na barra da Capa e rolar para cima de uma maldita mesa de xadrez, derrubei as peças no chão, virei a mesa com as pernas para cima, bati a cabeça na parede e desfiz todo o meu cuidado em NÃO fazer barulho. Hades wins, só que não.

- H-Hades? - ouvi Agatha me chamar, enquanto começava a acordar. Eu tentei me cobrir com a Capa ali mesmo, mas ela foi mais rápida e olhou por cima do encosto do sofá - Mas o... O que está fazendo?
- Ahm, eu... Caí. - engoli em seco, tentando parecer convincente, afinal, eu realmente havia caído, talvez se eu apenas falasse as coisas óbvias, eu não pareceria estar mentindo.
- Jura? Eu nem ouvi. - ela revirou os olhos e se levantou, eu fiz o mesmo, me livrando da Capa inútil que só me causaria mais problemas - Onde você estava? - ela cruzou os braços e me encarou com os olhos semi-serrados. Oh-oh.
- M-mas que pergunta, Aggie. Eu estava... Dormindo, é claro. - eu tentei sorrir, mesmo que amarelo, mas não deu muito certo. Ela continuou me encarando, como se disse-se "Aham, e a próxima desculpa é...?" - A questão aqui é: o que você estava fazendo dormindo no sofá? Por favor, não me diga que brigou com a Rikke por causa dos doces que te dei no Domingo, porque se ainda houver algum sobrando, vou começar a ficar preocupado. - tentei desviar de assunto, o que nem sempre funciona porque fica na cara que você está mentindo. Eu devia ter mais aulas com o Eros de como mentir, porque eu realmente estou falhando nisso.

E justamente como eu havia dito: estava tudo indo bem demais pra ser verdade.






tagged: Agatha Bittencurt wearing: click here notes: SANTO CRISTO DEUS MEU PAI AMADO, NÃO ACREDITO QUE CONSEGUI FAZER UM POST, DEPOIS DE DIAS, MESES, ANOS, EU CONSEGUIIII UM, SOCORRO, EU VOU CHORAR, EU VOU CHORAAAAAR! Claro que vou chorar, ficou um lixo de post, mas e dai? EU CONSEGUI! Anyway, qualquer coisa eu edito, Mah *-*

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
23.11.1805 - RP Fechada - Hades e Agatha
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Fábrica] Mega Coders [FECHADA]
» Parceria com Avatar - Autorizado por Hades
» NPC Agatha
» Teste para filhos de Hades
» Nico - The Heir of Hades (O Herdeiro de Hades)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: HOGWARTS - Posts Internos-
Ir para: