Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON



Fundadores



Protego

Compartilhe | 
 

 Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Sab Out 01, 2011 3:27 pm




"... Like a dream you're returning...."




De alguma forma ouvir ela comentar sobre o natal o fazer se questionar, o quanto de saudade a mesma poderia sentir da própria família, nunca parar apara pensar realmente em tal coisa. Ou em quantos momentos ruins ela poderia ter já passado até chegar ali. De alguma forma aquilo a fez aceitar mais o fato de decorar totalmente sua sala e casa. E ignorar a banda mágica que se remexia no pinheiro.

-Acho que posso me acostumar...-Murmurou observando como a casa havia ficado pós decoração e almoço. Antes de seguir para a varanda, onde ambos se sentaram na rede, apreciando a neve cair. Logo Napoleon se aproximou aninhando-se no colo de Elizabeth, enquanto a mesma fazia cafuné nele. Ficaram o quanto foi possível na varanda, e mesmo com o frio, pareciam não querer se mover. Na verdade só o fez ao cair da noite, quando a mesma avisara sobre meias...


-Para que meias agora? -Questionou de implicância, mas a beijou o topo da cabeça, sorrindo, demonstrando que logicamente sabia o que era. E caminhou até o quarto pegando um embrulho e o diminuído magicamente e colocando dentro da meia. -O mesmo vale a você.-Retrucou a encarando, enquanto levitava taças e pratos para a mesa e deixava Liz arrumar esta, na verdade ela sempre aprecia gostar de fazer essa parte.



Após esta arrumar a mesa se sentaram, e a serviu calmamente para depois fazer o próprio prato. Enchendo a taça de vinho e dando a Elizabeth, e depois fazendo o mesmo com a dele. A encarando pensativo, na verdade mais do que realmente queria estar.



-Um brinde a nos dois... E ao natal que transforma minha casa em um circo...-Completou em tom suave, não realmente debochado, apenas implicante. Começando a comer a ceia de natal ao lado dela. Rindo dos comentários dela e da forma como a mesma tentava fingir que não estava dando comida escondida ao Napoleon. -Menina... Pegue um prato e sirva ele...-Falou estendendo a ela um prato pequeno enquanto sacudia a cabeça, estava ai o motivo de seu gato ter ficado tão abusado e pidão nos últimos tempos.



-Estava pensando... Você poderia passar as férias aqui... Ao invés de ficar em Hogsmeade ou Beco... -Falou calmamente. -Eu quase não fico em casa...-Completou baixo, dando um curto sorriso a ela. Voltando a comer. Mudando o assunto sobre o próximo ano, e férias. -Eu não sei ainda sobre minhas ferias... Mas sei que em breve vou sair em missão novamente... E sim provavelmente ficará difícil lhe escrever, mas farei o possível.-Resumiu não lhe dando maiores detalhes.



Assim que terminaram de jantar. Ergueu-se estendendo a mão para ela e a convidando a se sentar com ele na poltrona em frente a lareira. Levitando o presente dele, e o aumentando magicamente. Estendendo este a jovem. Enquanto a observava abrir. Rindo da expressão dela.



-Está dentro da caixa o presente, menina. -Murmurou de forma engraçada, vendo esta abrir e ver o relicário em outro branco. Notando que a mesma tentava abrir este e sorriu. Se aproximando e cochichando no ouvido dela. -O que tem dentro você não verá agora.-Esclareceu, arqueando a sobrancelha diante da expressão dela. -Você sabe que não via me convencer correto?-Questionou, ignorando a expressão da jovem, e lhe dando um suave beijo nos lábios.










Vanessa Carlton - We're in Heaven


OBS:

presentes aqui:
 
.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Sab Out 01, 2011 5:48 pm




 


Feliz Natal


Last Christmas I gave you my heart




Post 04:
 

Depois de passarmos um tempo na varanda conversando sobre a reforma da casa de Ethan e outras coisas, quando o dia começou a escurecer, entramos em casa, pois estava começando a ficar bem frio, comentei que estava na hora de pendurarmos as meias, tinha meias no nome de Ethan, da Fleur e do Napoleon, todas cheias de presentes que eu tinha comprado para eles, pedi para Ethan não olhar antes o que tinha na dele, Ethan colocou uma caixa dentro da minha meia e me disse que eu não podia olhar também, confesso que fiquei bem curiosa de saber o que era, mas saimos da tentação e fomos arrumar a mesa, Ethan trazia as coisas para mim e eu arrumava a mesa para caber tudo nela, após mesa pronta, eu me arrumei, colocando um vestido que tinha trago para comemorar o Natal e nos sentamos, Ethan me serviu vinho e serviu a si mesmo.

Ethan de La Noue escreveu:
- Um brinde a nos dois... E ao natal que transforma minha casa em um circo...

- Ah... Ela fica mais colorida... Além de que, tenho certeza que será uma grande diversão para Napoleon tentar destruir todos os enfeites...

O respondi sorrindo e olhando para o gato que começava a se esfregar na minha perna pedindo atenção, começamos então a comer, conversando sobre assuntos casuais, nada de muito profundo ou importante, disfarçadamente, pelo menos era o que eu tentava, passava algumas coisas para Napoleon pode debaixo da mesa, mas pelo visto eu fui pega.

Ethan de La Noue escreveu:
- Menina... Pegue um prato e sirva ele...

Ethan me disse estendendo um prato e eu sorri meio envergonhada por ter sido pega, peguei o prato colocando um pouco do peru nele e estendendo para Napoleon que ficou muito contente com o gesto.

Ethan de La Noue escreveu:
- Estava pensando... Você poderia passar as férias aqui... Ao invés de ficar em Hogsmeade ou Beco... Eu quase não fico em casa...

Eu dei um sorriso com o convite, seria bom ter um local com o qual eu já estivesse acostumada para passar as férias, sem me preocupar com novas vizinhas que iriam querer me matar por seus maridos olharem para mim, afinal Ethan não tinha vizinhos.

- Seria bom... Se você não se importasse claro... Afinal eu passar uns dias aqui sabe o que isso representa não é mesmo? Doces, doces e mais doces pela cozinha e mais mimo para Napoleon e eu conseguindo fazer Fleur gostar de mim, mimo para ela também...

Eu gostava de cozinhar, de fazer doces principalmente e nas ultimas férias, fiquei entediada por tento tempo, fiz tantos doces que comecei a doa-los a orfanatos.

Ethan de La Noue escreveu:
- Eu não sei ainda sobre minhas ferias... Mas sei que em breve vou sair em missão novamente... E sim provavelmente ficará difícil lhe escrever, mas farei o possível.

- Eu não quero ser uma namorada chata Ethan... Mas sempre que puder, quando tiver em missões... Tente falar comigo, para que eu saiba que pelo menos você está vivo... Eu sei que muitas vezes você me enviar uma coruja pode colocar sua vida em risco, sei que seu trabalho é perigoso, por isso... Eu fico preocupada, só preciso saber que você está vivo...

Disse dando um sorriso meio triste para ele, pensando em, caso algum dia ele simplesmente fosse para uma missão e não retornasse mais, em como seria, eu balancei a cabeça afastando esses pensamentos e peguei minha taça de vinho bebendo o seu conteudo de uma vez, tentando fazer aquilo sair da minha cabeça.

Assim que terminamos de jantar, fomos para a sala, sentando de frente para a lareira, Ethan levitou o presente que tinha comprado até a mim, eu deixei toda a delicadeza de lado e o abri rapidamente, bem curiosa e vi uma caixinha linda, que era um porta joias pelo visto.

Ethan de La Noue escreveu:
- Está dentro da caixa o presente, menina.

Eu abri a caixa e vi dentro dela um cordão, me lembrei do unicornio que Ethan havia me dado no ano passado e levei a mão ao pescoço tocando-o, sim, eu o usava quase que o tempo todo, só que desta vez o cordão era na verdade um relicário e eu tentei abri-lo para ver o que tinha dentro, antes que eu conseguisse abri-lo, Ethan cochicou em meu ouvido.

Ethan de La Noue escreveu:
- O que tem dentro você não verá agora. Você sabe que não via me convencer correto?

- Mas porque? Já é Natal e...

Mas não consegui terminar minha frase, pois senti os labios de Ethan no meu e eu preferi beija-lo a continuar insistindo, quando nossos lábios se separaram eu olhei para ele com cara de criança levada.

- E agora... Eu posso ver? Ah... Ok... Seu estraga prazeres...

Disse fingindo que tinha ficado emburrada para então sorrir logo em seguida fazendo o presente dele vir até a mim, tinha ainda o de Fleur e o de Napoleon, mas preferi deixar os dois dois para o dia seguinte, já que Fleur estava do lado de fora e Napoleon depois de comer estava deitado parecendo dormir, antes de entregar o presente para ele eu comecei a falar.

- Como eu fico preocupada quando você sai em uma missão e sei que nem sempre corujas são viaveis... Eu... Acho que dessa forma pode ficar mais fácil para a gente se comunicar, inclusive se algo acontecer... Você pode me falar e eu aviso ao ministério, algo assim...

Eu entreguei o envelope para ele e esperei ele abrir, olhando para ele e quando ele abriu, pode ver que era um espelho, não muito grande.

- É um espelho de dois sentidos, eu tenho um e você terá o outro, eu vou andar sempre com o meu, caso algo aconteça, você me chama nele e... Eu vou saber o que aconteceu com você e posso acionar o ministério da magia se for necessário...



INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: ETHAN DE LA NOUE
CITOU: ETHAN DE LA NOUE, NAPOLEON E FLEUR
OBSERVAÇÕES. RP FECHADA - ETHAN E LIZ

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Seg Out 03, 2011 5:23 pm

O post abaixo pode conter momentos privados dos personagens desta RP.
+14





"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."




Quase pensou em desfazer o convite ao imaginar Fleur e Liz em um mesmo ambiente sem a mesma se machucar gravemente, ou pior conseguir realmente conquistar a hipogrifo a deixando obesa de tanta comida. Mas preferiu nada comentar a respeito de tal coisa, afinal era natal algumas coisas deveriam ser relevadas. Apenas acariciou os cabelos dela ao ouvir esta comentar sobre ele dar noticias, só para ela saber que estava tudo bem, e concordou com a cabeça sem nada dizer realmente. Não poderia prometer com todas as letras aquilo, mas poderia tentar.



Assim que a mesma começou a falar a respeito de seu presente arqueou a sobrancelha, imaginando o que seria. E ao segurar este nas mãos começou a ter uma quase certeza e ao abrir esta se concretizou, admirou o espelho por alguns instantes. Levitando este até a mesinha de centro, e puxando a jovem para seu colo gentilmente. Acariciando sua face de forma lenta.



-Obrigado...-Falou quase suave, puxando a face desta para si e lhe beijando os lábios. Parte de si odiando que esta ficasse tão preocupada a ponto de lhe dar tal presente e a outra se sentindo grata por toda aquela preocupação e carinho. Desceu beijos suaves pelo pescoço dela, ouvindo esta murmurar algo que não entendeu ao certo. Mas sentindo ela lhe morder e riu baixo de forma diferente. -Está me marcando, Elizabeth...?-Questionou baixo no ouvido dela, fechando os olhos ao sentir as mãos delicadas dela brigando com sua blusa, e a ajudou com a peça.



Ajeitando os fios soltos do cabelo dela para trás da orelha. Notando o rubor das bochechas pálidas, e deslizando a ponta dos dedos por ela, aproximando novamente os lábios dos dela e lhe beijando, de forma lenta. Deveria parar era o que sua parte sensata lhe mandava, a outra não desejava parar ou interromper aquilo, a abraçou passando as mãos por suas costas, e delicadamente parando onde havia um laço. Parando de mover esta, e afastando um pouco os lábios a encarando. Segundos, minutos até ela sorrir, de forma doce e meiga. E ele sorri de volta, puxando este gentilmente.



-Minha doce menina...-Falou de forma gentil, como talvez nunca havia falado, a no colo, e caminhando até o quarto, deixando no caminho o vestido que ela usava. A colocando sob a cama e movendo a varinha para fechar, e por um feitiço no quarto, antes de se juntar a ela. - Is breá liom tú..-Murmurou baixo enquanto a puxava para si, algo que a tempo não mais falava...




-Tudo bem?-Questionou baixo ainda a abraçando suavemente. -Acho que agora descobri como lhe deixar quieta...-Brincou mexendo nos cabelos dela. Ficando em silencio. -Como? Nada, na verdade estou apenas vendo a neve cair... -Completou a puxando mais para si e as cobertas. Depois de um tempo o silencio se tornou permanente e olhou a face calma e tranqüila dormindo abraçada a ele, e sorriu como há tempos não fazia realmente.




~~ Manhã Seguinte ~~



Havia algo lhe incomodando, na verdade um barulho contínuo de algo batendo no vidro. Abriu os olhos os forçando a de adaptarem a claridade, vendo uma coruja no batente da janela e logo a reconheceu pegando sua varinha no criado mudo e abrindo a janela, ouvindo Liz resmungar algo e o puxar. Sorriu se desvencilhando delicadamente dela, e pegando a carta, notando que a coruja nem sequer quis nenhuma grado e já voou de volta. Abiu esta lendo linha por linha.



-Maldição…-Murmurou se erguendo e indo diretamente para um banho rápido. Trocando de roupa o mais silencioso que pode, porém ao tirar o malão para por algumas peças, sentiu-se observado e olhou para a cama, vendo Elizabeth o fitando de forma confusa e até triste e sorriu. Caminhando ate ela e lhe estendendo a carta do ministério.

-Eu não queria te acordar... Hey.. Eu não estava fugindo. Eu preciso mesmo ir...-Falou lhe acariciando a face, e se surpreendendo com o abraço dela. -Menina, eu não estou condenado a morte.... -Comentou tentando fazer piada, e recebendo uma quase bronca desta e sacudiu a cabeça lhe beijando os lábios gentilmente. –Fique aqui hoje, depois vá para Hogwarts eu vou entrar em contato com você okay? -Avisou sério se erguendo e terminando de arrumar o malão. O levitando até a sala, e movendo a varinha para dar um jeito na bagunça que esta estava, para não deixar muito trabalho a ela. Se virando e arqueando a sobrancelha ao ver esta embrulhada nas cobertas pisando no chão frio, dando pulinhos.



-Você vai ficar doente...-Comentou, mas esta não lhe ouviu indo com ele até a varanda, onde a beijou demoradamente. Olhando o cordão com o relicário em seu pescoço e o segurou por alguns instantes. -Quando eu voltar, lhe mostro o que têm dentro, então cuide bem dele.-Falou mexendo nos fios soltos dela. Antes de caminhar para fora da varanda. Acenando na direção de Fleur, que olhou dele para Liz, e pareceu entender. -Se puder, leve Napoleon com você?-Pediu ao ver a expressão do gato, antes de aparatar...








Joss Stone - Right To Be Wrong


OBS:

presents aqui:
 
.





Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Ter Out 04, 2011 6:03 pm




 


Feliz Natal


Last Christmas I gave you my heart




Post 05:
 

Aquela noite de Natal com certeza ficaria para sempre em minha memória, eu nunca me esqueceria dela, foi bem especial para mim, eu tinha passado com alguém que eu gostava de verdade e havia sido convidada por ele e não surgido na sua casa simplesmente como uma estranha a invadir.

Ethan havia sido o primeiro homem que eu confiava totalmente, eu me sentia segura com ele, eu nem tinha mais o receio de que estivessemos juntos apenas pelo meu encanto de Veela... Era como se ele gostasse de verdade de mim, eu me sentia uma pessoa normal ao lado dele.

Eu amava Ethan de verdade, eu sabia disso, por isso não tive medo de me entregar a ele naquela noite e talvez tenha sido isso que havia deixado aquele Natal ainda mais inesquecível, que tinha deixado a noite de Natal ainda mais especial, não demorou muito para que dormissemos depois, juntos, na cama dele, mas infelizmente, a muito tempo eu ja tinha aprendido que coisas boas não eram eternas, acabavam bem rápido na verdade, como aquele dia de Natal, senti um vento frio bater no quarto, eu estava ainda sonolenta e puxei Ethan para mais perto de mim para me aquecer mais.

Mas Ethan escapou dos meu braços e eu me encolhi mais na cama, puxando o lençol para me cobrir mais, mas tinha algo faltando ali, na verdade alguem, eu escutei um barulho e pisquei os olhos acordando e me sentando na cama, ainda enrolada nas cobertas, pude ver Ethan ele estava se arrumando, parecia que ia sair, ele me viu acordada e veio até onde eu estava e me estendeu algo que parecia uma carta, eu limpei os olhos pegando para ler.

Ethan de La Noue escreveu:
- Eu não queria te acordar... Hey.. Eu não estava fugindo. Eu preciso mesmo ir...

Eu li a convocação do Ministério da Magia, eu sabia que ele tinha que atender, mas fiquei com medo de algo acontecer com ele e sei la... Ele não voltar, eu sempre tinha esse medo quando sabia que Ethan estava em uma missão, por isso eu apenas me levantei e lhe abracei apertado.

Ethan de La Noue escreveu:
- Menina, eu não estou condenado a morte....

- Você foi convocado, não sabe o que irá acontecer... E não brinque com isso ok?

Ele não estava condenado a morte, mas poderia vir a acontecer, isso me trouxe a tona algumas lembranças o que fez com que eu o abraçasse com ainda mais carinho, para caso ele não voltasse, eu me lembrar bem de como era abraça-lo.

Ethan de La Noue escreveu:
– Fique aqui hoje, depois vá para Hogwarts eu vou entrar em contato com você okay?

Eu apenas balancei a cabeça de forma afirmativa, me enrolando mais nas cobertas para acompanha-lo até a porta, o tempo estava gelado, assim como chão, o que me fez ficar me mexendo, para ver se me aquecia, fui com ele até a varando ignorando o comentário dele de que eu iria ficar doente e ali o beijei me despedindo dele, senti ele segurando o relicario que ele me deu na noite anterior.

Ethan de La Noue escreveu:
- Quando eu voltar, lhe mostro o que têm dentro, então cuide bem dele. Se puder, leve Napoleon com você?

Eu balancei a cabeça de forma afirmativa, mostrando que o levaria e dei mais um beijo a ele, antes de vê-lo sumir, eu então fechei a porta voltando para a casa, mas não consegui dormir, já que estava acordada iria começar a arrumar as coisas, tomei um banho e coloquei uma roupa mais confortavel, eu comecei a tirar os enfeites da casa, o que terminei rapidamente graças a magia, diminui o tamanho do pinheiro e o levei para fora, depois arrumei o resto da casa, com tudo arrumado e os enfeites guardados em caixas, eu fui procurar Napoleon, após encontra-lo eu o chamei acareciando o pelo dele.

- Hey Napoleon... Quer dar uma volta comigo... Ir para Hogwart até Ethan voltar?

Ele deu um miado baixo e eu entendi aquilo como um sim, comi parte do que sobrou da ceia, colocando um pouco em um pratinho para Napoleon comer, após nos dois comermos, eu lavei a louça que tinha sujado e peguei Napoleon para irmos para Hogwarts, pegando o meu espelho, igual que eu tinha dado para Ethan e coloquei em um local bem visivel do quarto para caso Ethan aparecesse nele.

- Pronto Napoleon, pode ficar a vontade... Só toma cuidado para não se perder em Hogwarts...



INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: ETHAN DE LA NOUE
CITOU: ETHAN DE LA NOUE E NAPOLEON
OBSERVAÇÕES. RP FECHADA - ETHAN E LIZ - AÇÃO FINALIZADA

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Seg Nov 21, 2011 9:00 pm




 


A chegada


Uma nova de La Noue





Informações:
 

Data: 03 de Setembro de 1802
Horário: Noite
Tempo: Chuva muito forte.
Observação: RP FEchada Elizabeth Cunningham e Ethan de La Noue





INFORMAÇÕES SOBRE O POST
RP FECHADA ETHAN DE LA NOUE E ELIZABETH CUNNINGHAM



Última edição por Elizabeth Cunningham em Seg Nov 21, 2011 9:23 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Seg Nov 21, 2011 9:22 pm




 


A CHEGADA


UMA NOVA DE LA NOUE





Post 01:
 

Eu sabia que estava perto da nossa filha chegar, minha barriga estava imensa e Sophie estava impaciente dentro dela, pois se mexia bastante, principalmente quando escutava a voz de Ethan, ela conseguia reconhecer a voz dele, as coisas estavam bem difíceis para mim, me levantar e me sentar era quase um tormento que eu até preferia ficar em pé na maioria das vezes para não ter o trabalho depois de me levantar, além das inúmeras idas ao banheiro, as vezes eu pensava em viver sentada no banheiro, pois eu confesso que estava me cansando muito, além de que eu estava doida para ver minha filha, pega-la no colo, ver o rostinho dela, senti o cheiro dela, confirmar se estava realmente tudo bem com ela, poder cuidar dela.

Eu tinha me mudado oficialmente para a casa de Ethan, tinhamos ficado na dúvida sobre onde iriamos morar, como Ethan tinha a Fleur, sua hipogrifo e não queria que ele se desfizesse de algo, eu resolvi que era melhor morarmos na casa dele, além disso, eu evitaria os comentários maldosos das minhas vizinhas, comentários esses que tinham piorados nos últimos meses, onde falaram que eu tinha engravidado para me casar com Ethan.

Eu já tinha me acostumado com a casa de Ethan, com a nossa casa, eu toda hora tinha que me lembrar disso, não era mais a casa de um amigo, de um estranho, era minha casa e a de meu marido, essas duas palavras juntas ainda soavam estranha para mim, meu marido, não que eu que eu não gostasse, adorava a sonoridade dessa combinação, mas parecia ser ainda apenas um sonho.

Naquele dia eu estava sozinha em casa, Ethan tinha ido para uma missão, ele evitava passar muito tempo longe de casa, ir para missões longas, mas ele ainda tinha que sair para trabalhar, ele havia me falado que iria voltar naquela noite, eu estava só com os nossos Elfos e Napoleon e agora, eu não reclamava de eles não me deixarem entrar na cozinha, na verdade eu gostava dos cuidados dele que não me deixavam fazer nada, eu realmente precisava descansar e estava deitada na cama naquele momento, dormindo, o que eu mais fazia ultimamente.

Provavelmente teria dormido até o dia seguinte, se não fosse por uma forte dor no ventre que me fez acordar, levei a mão a barriga sentindo novamente uma pontada de dor, pensei que poderia ser Sophie que estava em cima da minha bexiga ou algo assim e fui até o banheiro, mas antes que eu chegasse no banheiro, uma nova pontada de dor, foi então que eu percebi que não era uma simples dor, eram contrações.

- Não Sophie... Agora não... Espera o papai chegar... Ahhhhhh!!!!

Gritei novamente de dor ao sentir uma nova contração, os elfos logo apareceram, eu me apoiava na parede, com uma mão na barriga, eles me perguntaram preocupados o que estava acontecendo.

- Chamem o Ethan, por favor... Falem que eu preciso dela agora...

Foi o que eu consegui dizer antes de sentir mais uma contração, eu comecei a ficar nervosa, não sabia o que fazer, eu era uma bruxa, eu sei, e existiam um monte de meios mágicos de eu ir para um hospital, mas tinha medo de usa-los, não sabia o que poderia acontecer com Sophie se eu aparatasse, usasse chave de portal ou rede floo, e se algo desse errado? Se ela começasse a nascer no processo... Não... Eu não podia usar esses meios mágicos, não agora.





INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: SOPHIE
CITOU: ETHAN DE LA NOUE, NAPOLEON, OS ELFOS E FLEUR
OBSERVAÇÕES RP FECHADA - ETHAN E LIZ

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Ter Nov 22, 2011 4:17 pm




"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."





Era algo que ainda parecia se acostumar. A aliança que brilhava em seu dedo, apesar de terem escolhido algo discreto ainda assim sentia como se fosse algo que chamasse mais atenção do que deveria. E sentia-se um tanto estranho ao ter de retirar esta em algumas missões, tolamente parecia quebrar o votos cada vez que tinha de fazer tal coisa. E ainda havia o bebê. Pouco a pouco sua casa pareceu mudar, eram brinquedos que cabiam na palma de sua mão, delicados demais, pequenos demais.

Roupas, berço, mantas. Tudo delicado e pequeno. Ao ponto de não saber ao certo como se portar diante daquele novo ambiente. Apesar disso por algumas noites se viu a observar o berço ainda vazio, imaginando como seria quando houvesse alguém ali dormindo e os acordando de madrugada. E isso não mais parecia o incomodar, nem mesmo abrir seu guarda roupa e em meio a suas camisas achar um vestido ou algo ali esquecido.

E era uma descoberta, um desconhecido que da ultima vez lhe foi tirado, mas não dessa. Havia feito uma promessa em silencio enquanto as observava dormir. Elizabeth e sua filha, sim uma menina, jamais poderia sentir sensação mais morna do que descobrir isso, ou sentir ela se mover chutando quando colocava sua mão sobre a barriga da esposa. Era o território mais perigoso e novo que ele entrara, e apesar disso, sentia-se completo.

-Eu já terminei o relatório. Você organiza o resto?-Questionou ao colega de equipe. Acenando para este e saindo da sala de reunião. Caminhando pelos corredores do ministério sem pressa, pensando se deveria passar em algum lugar e levar algo pra casa, aprendera que as mulheres parecem mais delicadas quando os homens se atrasam quando recebem algum agrado.

Mas quando já ia aparatar em uma rua deserta de Londres, dois elfos surgiram na sua frente o fazendo recuar e encarar as criaturas. Que não falavam coisa com coisa, e davam gritos estranhos. Mas entendeu duas palavras: Sophie e Elizabeth. E foi o suficiente parar aparatar para casa. Assim que chegou nos terrenos correu em direção a casa, abrindo a porta de qualquer forma e ouvindo os elfos aparatarem atrás de si.

-Elizabeth!-Gritou ouvindo esta lhe responder e a encontrando. A encarando de forma estranha. –Está se sentindo mal?-Perguntou ao notar a expressão da esposa, dando um passo para trás. -Ela... Não... Calma... Venha..-Murmurou a pegando no colo da forma mais delicada que pôde, a levando até a cama.

-Vamos aparatar ao Saint Mungus... Como? Você está louca mulher que vai ter ela aqui?! -Questionou duvidando um pouco da sanidade da esposa. Mas ela falava, e gemia de dor. O que o fez engolir em seco. -Achem a maldita medi-bruxa e a arrastem até aqui, não voltem sem ela.-Falou rapidamente aos elfos, ajeitando alguns travesseiros na esposa. E segurando sua mão.

-Liz… Vai ficar tudo bem querida... O que você está sentindo?-Questionou e ao ver a expressão dela, deduziu que não foi uma boa pergunta. -Sophie sua mãe está com dor, não vamos querer que ela arranque a mão do papai, que tal esperar um pouco querida...-Murmurava gentil passando a mão na barriga dela, foi quando notou algo manchando a camisola dela.

-Eu acho… Nós vamos usar a chave portal agora.-Falou de forma séria, levitando uma tolha limpa sem saber exatamente o que fazer ali. Tentando arrumar uma bolsa. –Espere estou criando a chave portal... Elizabeth...-Murmurou lentamente em tom de advertência. Ela não queria que ele fizesse um parto queria?!






marron 5 – wont go home without you


OBS: Pobre Ethan, Aurores não aprendem isso não tá u.u
.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Ter Nov 22, 2011 8:13 pm




 


A CHEGADA


UMA NOVA DE LA NOUE





Post 02:
 

Eu não tinha certeza, mas eu acho que Sophie estava realmente querendo nascer naquele momento, um péssimo momento, um dia de chuva, eu sozinha em casa, eu tentava respirar como me foi ensinado e segurava a minha barriga, como se eu conseguisse impedi-la de nascer, sim, algo nada a ver, mas eu estava desesperada, ela não podia nascer agora, eu não sabia o que fazer, os elfos foram chamar Ethan, ele saberia o que fazer, qualquer um saberia o que fazer provavelmente, menos eu, eu tinha lido sobre indias que quando o bebe estava para nascer elas iam para o rio sozinha e tinham o bebe, mas eu definitivamente, não nasci para ser india.

Ethan de La Noue escreveu:
- Elizabeth!

Entendam eu amava Ethan de verdade, mas acho que essa foi a vez que eu fiquei mais feliz ao escutar a voz dele.

- Aqui...

Eu gritei para ele, sentindo mais uma contração vindo, por isso um grito de dor saiu logo depois de eu gritar para ele, Ethan então me encontrou, apoiada na parede tentando chegar no banheiro.

Ethan de La Noue escreveu:
– Está se sentindo mal? Ela... Não... Calma... Venha..

Ethan me pegou no colo me levando para a cama, me pedindo calma, eu juro que estava tentando ficar calma, mas sabendo que Sophie estava para nascer, o tempo estava chuvoso e não tinha nenhum medico ali, fazia com que eu não me sentisse calma, muito pelo contrario, eu queria que ela voltasse a ficar quieta, que as contrações acabassem e que começassem só quando eu estava no hospital, Ethan então disse sobre aparatarmos no St. Mungus, mas eu logo intervi.

[color=white]- Não... Não vou aparatar, não sei se pode dar algo errado... Vai ser aqui Ethan, não quero perde-la...[/b]

Disse me curvando e me sentando na cama, ficar deitado não adiantava em nada, sentia o meu rosto suado, e as dores ficavam cada vez piores, o espaço de tempo diminuia, Ethan disse para os elfos acharem a medibruxa, sim, traze-la seria o melhor, ele percebendo a posição que eu estava arrumou os travesseiros para mim, segurando a minha mão.

Ethan de La Noue escreveu:
- Liz… Vai ficar tudo bem querida... O que você está sentindo? Sophie sua mãe está com dor, não vamos querer que ela arranque a mão do papai, que tal esperar um pouco querida...

- Eu já tentei falar isso para ela... Mas ela e teimosa...

Cerrei os labios segurando a dor de mais uma contração e apertei a mão de Ethan com força, eu começava a desejar que ela nascesse logo, agora, e a dor passasse, foi quando eu senti o lençol e a camisola ficando molhado, a bolsa tinha estourado.

Ethan de La Noue escreveu:
- Eu acho… Nós vamos usar a chave portal agora. Espere estou criando a chave portal... Elizabeth...

- Não Ethan!!! - Eu falei olhando para ele que pareceu não gostar da minha interrupção. - A bolsa estourou, ela pode nascer a qualquer momento e... - Mais uma contração. - Eu não sei o que pode acontecer se ela nascer quando estivermos teletransportando... Eu não quero arriscar... Eu não vou teletransportar ou usar a rede floo... Não quero que ela se machuque...

E cada vez mais as contrações diminuiam espaço entre elas e ficavam mais dolorosas, eu apertei com força o lençol, quando mais uma surgiu, eu olhei para Ethan.

- Faça algo, por favor...

Eu queria que a dor passasse, eu odiava sentir dor, definitivamente odiava mais agora, acho que nem um crucio doeria tanto.


INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: ETHAN DE LA NOUE
CITOU: SOPHIE
OBSERVAÇÕES RP FECHADA - ETHAN E LIZ

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Dom Nov 27, 2011 1:57 pm




"... We were born and raised in a summery haze
Bound by the surprise of our glory days...."




a] Ele não havia com toda a certeza recebido treinamento para aquele momento. Apesar de saber o que era certo, a levar ao hospital Saint Mungus, as palavras da esposa com medo de ser transportadas o fez parar e tentar pensar em uma solução, ele teria de fazer algo e rápido. Quando deu por si pegava toalhas limpas, e água, lavando as mãos rapidamente, antes de se ajoelhar na cama e tirar os panos do caminho.

–Eu… Acho que têm alguém com muita pressa.-Falou sorrindo a esposa, afastando mais as pernas dela. E notando que algo saia dali. E que provavelmente e com sorte era uma cabeça. Olhou para a porta do quarto e nada dos elfos com a maldita medi bruxa. -Elizabeth,me ouça, você não quer ser levada ao Saint Mungus, o que é uma estupidez, então faça força e respire como não sei devem ter te ensinado... E vamos dar nosso melhor aqui.-Falou de forma série, talvez séria demais.

Observando a mulher fazer força e definitivamente aquele momento seria inesquecível em muitos sentidos e nem todos realmente bons de serem lembrados. Deu uma das mãos a esposa, enquanto esta fazia força. E observou atento o que acontecia ali, vendo o que parecia realmente uma cabeça querendo sair.

-Muito bem, já vejo a cabeça... Vamos respire fundo, e vamos tentar de novo, acho que Sophie engordou ai dentro.-Murmurou tentando acalmar a esposa. Mas ele quem precisava de um calmante ali. Quando a cabeça finalmente saiu, ele fez um barulho estranho apoiando a cabeça da filha e olhando para a esposa, foi com um imenso alivi9o que ouviu o barulho os elfos aparatando e a voz da Medi Bruxa.

-Finalmente… -Murmurou olhando pra trás e vendo a mulher se limpar e conjurar várias coisas estranhas. E simplesmente lhe empurrar.

-Eu assumo agora, porque não a levou ao Saint Mungus?

-Porque de acordo com ela, Sophie poderia nascer no caminho... Dá pra fazer algo?-Perguntou já irritado com a mulher, indo até a esposa e lhe apoiando as costas e segurando sua mão. -Vai dar tudo certo.... -Murmurava baixo a esposa, sem saber o certo o que tanto a bruxa fazia com a varinha que não tirava logo a criança dali. Até ouvir esta falar...

-Bem Papai E mamãe, estejam prontos.. Senhora está na hora de fazer mais força...







Aerosmith - Fly Away From Here


OBS: Pobre Ethan, eu tenho um sério problema em narrar nascimentos em detalhes O.o pq as palavras que eu usaria seriam: tem um cabeção saindo por algo que não deveria estar se tornando tão grande aqui... O.O
.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Sex Dez 02, 2011 6:49 pm




 


A CHEGADA


UMA NOVA DE LA NOUE





Post 03:
 

Entendam, eu quero muito ver a minha filha, pega-la no colo, senti o cheirinho dela, mas eu não queria que ela nascesse naquele momento, com apenas eu e Ethan alí, eu sei que deviamos ir ao hospital, mas eu não sabia o que os efeitos de um feitiço poderiam causarem Sophie e eu não queria que ela se machucasse, que algo acontecesse a ela. Eu não queria perde-la, eu sentia muitas dores e pedi para Ethan fazer algo, para Ethan me ajudar, eu estava com dor e com medo, medo de algo acontecer com Sophie, Ethan tentava me animar, mas eu percebia que assim como eu, ele estava muito nervoso.

Ethan de La Noue escreveu:
- Elizabeth,me ouça, você não quer ser levada ao Saint Mungus, o que é uma estupidez, então faça força e respire como não sei devem ter te ensinado... E vamos dar nosso melhor aqui.

Eu percebi que ele estava sério e eu ia fazer como tinham me ensinado, a respiração, soltar o ar pela boca, eu não sei para que isso servia, sabia apenas que essa respiração ajudava e quando vinha uma contração eu fazia força, muita força, querendo que Sophie nascesse logo para eu ter certeza que ela estava bem, que ela nasceria saudavel. Ethan me dava a mão que eu segurava apertando-a enquanto fazia força.

Ethan de La Noue escreveu:
- Muito bem, já vejo a cabeça... Vamos respire fundo, e vamos tentar de novo, acho que Sophie engordou ai dentro.

Mais uma contração e força novamente eu estava quase me dobrando ao meio de tanta força que eu fazia, meu rosto estava muito vermelho e suando, Ethan fez uma exclamação.

- O que foi? Ela esta bem?

Eu perguntei desesperada, mas então ouvi o barulho de aparatação e vi que era a medibruxa, eu fiquei extremamente mais aliviada, não que eu não confiasse em Ethan, mas tenho certeza que ela poderia me ajudar melhor, a medibruxa ficou meio irritada por não termos ido ao St. Mungus, o que deixou Ethan irritado.

- Minha filha está nascendo, eu estou com dor e acho que não tem espaço por onde ela está querendo sair. Foco, discutam depois...

Eu disse para os dois, mas mais para a medibruxa, se ela queria me dar um esporro por não ter ido ao St. Mungus, que fizesse depois, Ethan me ajudou a apoiar as costas e segurava a minha mão, falando que daria tudo certo e eu balancei apenas a cabeça, sentindo mais uma contração

Medibruxa escreveu:
- Bem Papai E mamãe, estejam prontos.. Senhora está na hora de fazer mais força...

- E você acha que eu não estou fazendo o máximo de força possivel?

Eu estava fazendo força, acho que seria capaz de levantar o castelo de Hogwarts com facilidade se usasse toda a força que estava fazendo naquele momento, mais uma contração e novamente força, eu acho que fiquei cerca de 30 minutos até sentir Sophie nascer, logo escutei o choro dela.

Medibruxa escreveu:
- Parabéns papai e mamãe, vocês tem uma garotinha muito saudável.

Eu estava exausta deitada na cama, mas estiquei meus braços na direção da medibruxa, eu queria pegar Sophie, ela logo me entregou Sophie que chorava muito alto, mas assim que eu a peguei ela pareceu se acalmar.

- Então é você que ficava chutando lá dentro? Bem vinda ao mundo Sophie... - Eu falei com um grande sorriso e senti lagrimas escorrerem pelos meus olhos e olhei para Ethan. - Ela é linda... É perfeita... É a coisa mais linda que eu já fiz...

Eu levei a mão no rostinho dela acareciando-o, ela estava enroladinha em uma manta que a medibruxa tinha enrolado-a, Sophie era linda, eu estava hipnotizada por ela.



INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: ETHAN DE LA NOUE E MEDIBRUXA (NPC)
CITOU: SOPHIE, ETHAN DE LA NOUE E MEDIBRUXA (NPC)
OBSERVAÇÕES RP FECHADA - ETHAN E LIZ -- ENFIM, NASCEU SOPHIE

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Seg Dez 12, 2011 8:56 pm




"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."




Ao ouvir o que sua esposa respondera não pode deixar de quase dar um meio sorriso. Alguém estava ficando com uma língua afiada por ali. Talvez fosse a convivência, quem sabe. Se posicionou ao lado de Elizabeth, a ajudando ou ao mesmo lhe dando um certo apoio, afinal realmente todo trabalho duro e doloroso era com ela. Por alguns instantes sentiu um medo extremo, depois um pânico que parecia lhe sufocar e nem mesmo as piores missões lhe deram tal sentimento e sensação.

Foi quando após mais um esforço um choro tomou o ambiente. E foi difícil respirar. Era como uma sensação de plenitude e desespero tomando conta dele. Olhou a figura da filha ainda suja, que chorava e gritava em plenos pulmões: sua filha. E foi ali que realmente sua ficha caiu, ela seria parte dele. Ela era parte dele um complemento ou continuação. Viu esta ser entregue a Liz, e observou as duas. Como se encarasse algo que jamais notara antes: sua família.

-Sim ela é linda...-Foi a única coisa que conseguiu murmurar. Ouvindo a medi-bruxa falar e apenas concordando com a cabeça, indicando para o elfo pegar o saquinho de moedas para pagar a mulher. Literalmente a expulsando dali sem palavras. Pegando sua varinha e limpando as cobertas, levitando tudo para longe. E pegando outra manta limpa para sua filha.

-Essa está úmida...-Explicou observando com atenção como Liz movia suas mãos por Sophie e como trocava a manta dela. Algo que talvez tão cedo ele não arriscasse, ela parecia tão pequena e delicada. Ajudando depois a esposa a se ajeitar nas cobertas. E se sentando ao lado delas.

-Você quer algo? Ahn? Não Liz, melhor não... -Murmurou, mas logo a pequena lhe foi passada para os seus braços a segurando receoso sem sequer se mover. Parado como se estivesse congelado, notando o olhar da filha nele. E com dificuldade movendo uma das mãos até a bochecha desta, acariciando ela lentamente.

-Olá pequenina…-Murmurou o mais suave que pode, porém a criança começou a chorar e encarou sua esposa, que sorriu e estendeu os braços e com fascínio observou Sophie simplesmente começar a mamar, parecendo não se importar com nada. E um sorriso largo, e raro foi tomando conta de seus lábios, quando beijou a testa da sua esposa e mãe de sua filha.

-Obrigado.-Foi a única coisa que disse, deixando Sophie retornar a ser o centro das atenções e o som da mesma mamando ser o único a ser realmente ouvido. Eram uma família...











Linkin Park – Not Alone


OBS: Meu primeiro post totalmente fofo com o Ethan *-* CHRIS WIN!
.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Dom Jan 22, 2012 4:22 pm




 


NATAL EM FAMÍLIA


Christmas Eve With You





Informações:
 

DATA: 23 de Dezembro
TURNO: Noite
OBSERVAÇÃO: RP Fechada Liz, Ethan e Sophie




INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM:
CITOU:
OBSERVAÇÕES



Última edição por Elizabeth Cunningham em Ter Jan 24, 2012 5:04 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Dom Jan 22, 2012 10:20 pm




 


NATAL EM FAMÍLIA


Christmas Eve With You





Post 01:
 

Eu tinha dito a Ethan que eu e Sophie estariamos em casa no dia 24 ao amanhecer, mas consegui ser liberada mais cedo no dia 23, resolvi fazer então uma surpresa a ele, como minhas coisas e a de Sophie já estavam prontas, podiamos ir direto para lá, ao entrar no meu dormitório, onde Sophie estava, ela veio correndo até a mim caindo no caminho, vi a cara de cansaço do nosso elfo.

Sophie escreveu:
- Mamãe, mamãe, mamãe, mamãe...

Sophie veio até a mim repetindo as palavras como estava na fase, ela achava isso engraçado e mais uma vez caiu ai chegar perto de mim, eu me abaixei pegando ela no colo.

- Adivinha onde nos vamos? - Ela falou a palavra papai e eu sorri balançando a cabeça afirmativamente. - Isso, nós vamos ver o papai e comemorar o Natal.

Sophie jogou as mãos para cima gritando Natal, eu fui, ainda com ela no colo, pegar a pequena bolsa que eu tinha magicamente enfeitiçada, onde tinha minhas coisas e as dela e a conferi, peguei então vestes bem quentinha e coloquei em Sophie, colocando a bolsa no ombro eu sai do meu quarto, mandando o elfo direto para casa, fui caminhando com Sophie para a parte externa de Hogwarts.

Era engraçado como Sophie tentava conversar comigo, não dava para entender muita coisa do que ela falava, ela apenas falava e quando eu desviava o olhar dela, ela segurava a minha cabeça e me fazia olhar para ela, chamando o meu nome, como se me chamasse a atenção.

Assim que sai dos terrenos de Hogwarts e já estava em Hogsmeads, Sophie reconheceu que aquele era o local que eu aparatava com ela, ela adorava aparatar e falou.

Sophie escreveu:
- Pufff?

- Sim, mamãe e Sophie vão desaparecer, fazer Puff...

Falei mexendo no narizinho dela e ela riu, me abraçando apertado pelo pescoço, com o rostinho em meu ombro, pois sempre que aparatavamos ela sabia que tinha que se segurar bem, e então aparatamos perto da casa de Ethan, andei um pouquinho e logo encontrarmos Fleur, Sophie adorava Fleur e logo quis sair do meu colo, mas por mais que eu já confiasse em Fleur, nunca deixava Sophie brincar com Fleur.

Assim que chegamos na casa, eu abri a porta e coloquei Sophie no chão, enquanto tirava meu casaco pendurando-o no cabideiro perto da porta e avisei a Ethan de nossa chegada, entendam, ele é um auror que mora no meio do nada, é bom avisar quando chegamos, mas antes que eu pudesse avisar, Sophie se adiantou.

Sophie escreveu:
- Papai, papai, papai, papai.

Sim Sophie sempre repetia algumas palavras que ela parecia achar engraçado, fui andando na direção da sala, encontrando Napoleon pelo caminho, eu fiz um carinho nele e continuei entrando para ver Sophie já com Ethan.

Sophie escreveu:
- Papai... Ade Natal papai?

Eu parei perto da porta e ri, é definitivamente Ethan odiava fazer decorações de Natal, mas pelo visto a isso, Sophie tinha puxado a mim, eu me aproximei deles falando para Sophie.

- Papai é menino Sophie, não gosta de fazer Natal... Mas a mamãe e a Sophie vai fazer Natal na casa, um Natal bem bonito.

Sophie bateu palmas sorridente falando algo que parecia ser fazer Natal, eu me aproximei mais do Ethan dando um beijo suave nos lábios dele.

- Eu não consegui esperar até chegar amanhã para te ver...





INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: SOPHIE E ETHAN
CITOU: ETHAN, NAPOLEON, FLEUR E SOPHIE
OBSERVAÇÕES QUALQUER COISA DIGA QUE EU EDITO

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Ter Jan 24, 2012 10:42 am




"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."




Eu nunca fui de fato uma pessoa aberta a sensibilidade, não talvez aquela que a maioria das pessoas tem, muito menos ao contato humanos. Mas tudo, absolutamente tudo mudou repentinamente, primeiro havia uma mulher na minha casa, ver roupas intimas ocupando meu espaço no guarda roupa se tornou comum, ver toalhas de cores diferentes, flores, arranjos. Era algo que me lembrava outros tempos e ao mesmos tempo eu não os comparava, pois eram diferentes. Depois chegou as de criança, brinquedos, fraldas, roupinhas que pareciam caber na palma da minha mão, tudo para Sophie. Minha filha.



A palavra filha vem carregada de vários fatores que parecem se sobrepor a tudo e qualquer coisa. Se antes você se permitia chegar tarde ou não se importar em jantar ou não, agora isso mudava, você queria jantar em casa, eu queria estar em casa, ver ela andar, ver ela balbuciar as primeiras palavras, ver como Liz a educava e a forma como ambas tinham o mesmo sorriso travesso que me fazia sentir um frio na espinha. E ainda havia os novos problemas, novo ministro, novas leis, que me faziam ter mais atenção.



Eu havia pedido, conversado para ela largar Hogwarts, poderíamos ir a outro local viver, principalmente longe da Inglaterra bruxa e suas novas leis, mas Liz o que tem de bela tem de teimosa. Ela não quis largar o emprego, não quis se mudar. Logo tivemos que nos ajustar, quando eu chegava mais cansado de alguma missão eu preferia dormir sozinho em minha casa isolado, para não as acordar no meio da noite. Fora isso passava minhas noites em Hogsmeade na casa que havíamos comprado juntos.



O pinheiro jogado no canto da sala era a prova viva da época do que vinha, Natal. Eu ja podia imaginar coisas voando pela casa, Napoleon comendo essas coisas, Sophie agarrando Napoleon. E por mais que eu entortasse o nairz, ou me recusasse a espalhar pó brilhante em cima da arvore natalina, eu gostava de assistir a forma animada, e inocente que minha esposa fazia tais coisas. Foi enquanto eu colocava mais lenha na lareira que ouvi a porta ser aberta, e uma voz infantil me chamar e um sorriso involuntário, porém sincero ocupar meus lábios.



-Venha aqui, minha espevitada.-Falei carinhoso pegando Sophie no colo e lhe beijando a face carinhosamente. Ouvindo ela falar de forma engraçada sobre Natal e riu. -Você não pouparia seu velho pai, garota?-Questionou a menina, ouvindo a voz da esposa e erguendo os olhos vendo esta se aproximar deles. A observando com atenção, sentira falta dela nesses 4 dias longe. E quando a mesma lhe deu um beijo suave nos lábios. -Bom saber...-Murmurou erguendo a outra mão e passando pela face dela, a puxando para um beijo, aprofundando este lentamente, que demoraria mais se não fosse Sophie, batendo palmas e gritando, então se separando e vendo Napoleon embolado no que parecia ser algo relacionado a decoração.



-Eu desisto ….-Murmurou sacudindo a cabeça e indo até a cozinha com a filha nos braços. –Eu comprei o que estava na lista, e comprei duas toras, e uns potinhos de doce, comprei de mamão, banana, e pêssego. -Avisei afinal eu sabia que além de Liz, Sophie era outra fanática por doces.



-Como estão as coisas? Tiveram problema pra vir?-Perguntou observando a esposa separar o que ainda estava na sacola.









Coldplay - Yellow


OBS: Qualquer coisa fala Mih =*
.








Última edição por Ethan de La Noue em Qui Jan 26, 2012 3:06 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Ter Jan 24, 2012 7:30 pm




 


NATAL EM FAMÍLIA


Christmas Eve With You





Post 02:
 

Ter uma família, era algo ainda surreal para mim e pensar que tudo começou com uma ida a Hogsmeads de madrugada para comprar itens para uma poção do sono que não deu muito certo, quem imaginaria que aquele homem de aparência fria que achava que eu era uma aluna de Hogwarts, hoje em dia estaria se derretendo todo por uma garotinha que era sua filha, era nossa filha, as vezes as coisas acontecem de forma que a princípio você pode não saber porque aconteceram, mas depois entende que aquilo é apenas uma peça do quebra cabeça para tudo dar certo.

Eu gostava de ficar vendo Ethan com Sophie, era lindo vê-los juntos, ver como so olhos dele brilhavam cada vez que ela o chamava de papai, vê-la protegida nos braços dele e pensar que no começo ele tinha receio de pega-la no colo, colo esse que agora Sophie adorava.

Fomos na direção da cozinha, Ethan estava com nossa filha nos braços, que estava abraçada ao pai, era engraçado ver como tudo na casa de Ethan tinha mudado nos ultimos anos, brinquedos espalhados pela casa era normal e agora sua geladeira tinha doces, na verdade esses eram mais para mim.

- Não, viemos até rápido, aparatamos em Hogsmeads e viemos para cá direto, como andam as coisas no Ministério?

Perguntei de forma casual enquanto tirava as coisas da bolsa e começava a guarda-las na geladeira, sabia que Ethan não iria detalhar muito as coisas, ele nunca gostara muito de falar sobre o que acontecia lá, só falava sobre coisas das quais eu deveria ter cuidado.

- Temos que dar um descanso para o elfo... Acho que Sophie o está deixando maluco, você acredita que essa pimentinha aí outro dia conseguiu fugir do quarto durante uma das aulas? Eu a encontrei perto do quarto da Srta. McNach.

Disse rindo vendo Sophie rir, sabendo que estavamos falando dela, eu dei um sorriso para ela apertando de leve suas bochechas.

- Você já jantou? Eu e Sophie ainda não, podemos jantar juntos...

Perguntei a Ethan assim que terminei de tirar tudo da bolsa, vendo Sophie começar a falar a palavra papá repetidamente.

- Sim, papá minha pequena esfomeada.

Respondi a Sophie dando um beijo no alto da cabeça dela e me esticando dando um beijo em Ethan, os dois anos que passamos juntos me acostumou mal, eu não conseguia mais ficar tanto tempo longe dele, eu fiz primeiro a comida de Sophie que era mais rápido, um mingau de banana e coloquei no pratinho dando para Ethan.

- Você dá para ela enquanto termino o nosso?

Falei sem esperar a resposta dele e voltando a cozinha, sim, eu sei que tinhamos elfos, mas eu gostava de cozinhar, eu gostava muito da minha comida e gostava de cozinhar para Ethan, assim eu sabia que ele estava comendo algo saudavel.




INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: SOPHIE E ETHAN
CITOU: ETHAN, NAPOLEON, FLEUR E SOPHIE
OBSERVAÇÕES QUALQUER COISA DIGA QUE EU EDITO

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Qui Jan 26, 2012 3:05 pm




"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."




–Que bom, da próxima vez me avise, que vou buscar você com chave portal, é mais seguro.-Falei tranqüilo, vendo Sophie se esticar pro pote de doce de banana e sorri. Olhando pra Liz. -Depois que a mamãe te der a janta, que tal uma colherada, garota?-Falei baixo pra Ela que ria e batia palmas. Ouvindo minha esposa questionar sobre o ministério, sim aquele lugar ia de mal a pior.



-Ainda na cola dos que usam artefatos trouxas ou mestiços. -Falei de forma casual. Ela sabia o que eu havia pedido, que qualquer item trouxa fosse tirada de nossas casas e principalmente de perto de Sophie, eu não queria que minha família se tornasse um alvo para as brincadeiras medíocres do novo ministro. -Depois quero conversar com você... -Falei sutil e ao notar o olhar dela sacudi a cabeça. -Não Liz eu não tenho uma amante, nem vou pedir o divorcio.-Falei calmamente me sentando com minha filha no colo.



Ouvindo sobre as artimanhas de nossa pequena pestinha e sacudi a cabeça, com certeza ela puxaria a mãe nisso e me deixaria louco. Ao menos até então ela não havia se machucado. E eu esperava que continuasse assim.



-Eu vou comprar uma elfa. Amanhã podemos ver isso antes de irmos a Hogsmade, pra ela ver o coral e se divertir. O que acha? -Questionei, na verdade saber que minha filha foi para perto do escritório de uma ex auror, me deixava tranqüilo e ao mesmo tempo preocupado, afinal a mesma agora lidava com artes das trevas... -Daqui a pouco essa pestinha invade a sala de alguém, e solta animais bizarros pelo castelo.-Murmurei deixando ela brincar com uma pêra, vendo esta bater a fruta na mesa.



-Eu ai comer um sanduiche... Mas logicamente você irá querer me matar se eu comer algo não saudável.-Respondi de forma jocosa, ouvindo a minha pequena gritar papá, e suspirei ela era esfomeada. Recebendo um beijo suave de Liz enquanto observava ela preparar a comida de nossa filha, e logo a colocar sobre a mesa me pedindo para dar a ela. Tirei a varinha do bolso esfriando o mingau e comecei a dar pequenas colheradas a ela. Que batia as mãos na mesa.



–Não, não aconteceu nada demais no ministério... Apenas... –Comentei parando e tirando a mão de Sophie de dentro do prato e a limpando voltando a dar a comida pra ela. -Eu não vou caçar pessoas, ou as torturar... Estão complicadas Liz. Bem complicadas.-Falei com sinceridade fazendo um sinal que depois conversaríamos e voltei a cuidar de minha filha. Terminando de dar sua comida e limpando sua boca com cuidado. A deixando meio deitada em meu colo.



-Hogwarts está bem? Digo tudo dentro dos costumes na escola, nada de anormal?-Questionei mais baixo ao ver Sophie bocejar e coçar os olhos, lhe beijando a cabeça e me levantando com ela nos braços a ninando em pé, fazendo um sinal com a cabeça e indo por ela no berço, trocando com cuidado sua roupinha por um pijama de flanelas e colocando meias largas em seus pés tão pequenos. A observando pro vários instantes até começar a por feitiços de proteção no berço. Verificando as trancas das janelas e portas, colocando outros feitiços e voltando a cozinha.



-Ela voltou a chupar o dedo.-Completei entrando nesta e vendo a mesa já posta e me sentei. Começando a jantar ao lado de Liz. -Havia uma lista no ministério, sobre todos que eram lobisomens registrados... Isso é o que corre no grupo 1 de aurores, mas a lista sumiu. Bastian largou o grupo 1. Taylor também. Luise... A filha dela foi torturada pelo grupo 2 e ela se mudou para a Romenia... Eu vou continuar apenas até saber as novas missões... -Completei baixo. Vendo Napoleon pedir comida a Liz e esta colocar um pouco pra ele no potinho.



-Eu não sei como isso irá continuar... Mas pessoas em sido levadas ao ministério e algumas não voltam mais. O ministro nos fez assistir a algumas torturas, Eu não quero você e Sophie mantendo contato com ninguém trouxa ou mestiço que use algo do mundo deles... Nem brinquedos, livros nada, Liz.-Avisei sério bebendo meu vinho.



-Tudo vai ficar bem... Nem que tenhamos que ir pra Romenia, Sophie iria adorar dragões não?-Falei tentando descontrair, e pegando sua mão e a beijando.










Coldplay – Fix You


OBS: qualquer coisa fala que eu edito.
.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Sex Jan 27, 2012 11:01 pm




 


NATAL EM FAMÍLIA


Christmas Eve With You





Post 03:
 

Eu estava na cozinha, fazendo papinha para Sophie que andava uma comilona, pelo o que pude escutar de Ethan, ela estava querendo comer alguma coisa que estava sobre a mesa, perguntei para Ethan sobre como andava as coisas no ministério da magia, eu já estava acostumada a ele não detalhar muito as coisas para mim, dizendo apenas se fosse algo que eu precisava tomar cuidado, na maioria das vezes sem me falar mais detalhes, mas já tinha me acostumado com isso.

Ele comentou sobre o Ministério ainda estar na cola daqueles que usavam artefatos trouxas, em relação a isso eu podia ficar tranquila, costumava usar muitos artefatos trouxas quando tinha que me misturar com eles, mas desde que comecei o estagio em Hogwarts eu fui diminuindo, principalmente ao morar com Ethan, depois que o Ministério começou com isso, eu fiz questão de me desfazer de tudo o que era trouxa que eu tinha, afinal já teriamos problemas em uma vistoria, visto que eu era mestiça.

Mas a parte mais preocupante do que ele falou, veio a seguir, seu tom sério ao falar que depois queria conversar comigo, me fez olha-lo na mesma hora preocupada, ele brincou falando que não iria pedir divorcio ou falar que tinha uma amante, mas de certa forma essa não era minha maior preocupação. Comecei a falar sobre Sophie, mudando de assunto.

- Eu acho uma ótima ideia, realmente ando preocupada com ela, quando estou em uma aula, o castelo é um pouco perigoso, os dois elfos se revesando, não irão cansar tão rápido. - Ri do comentário dele sobre ela entrar no escritório de alguém e liberar os animais. - Eu não duvido nada, Sophie gosta de animais... Bem ela teve a quem puxar, afinal não é todo mundo que tem um hipogrifo de guarda...

Já estava terminando de fazer a comida de Sophie, quando perguntei a Ethan se ele já tinha comido alguma coisa, pois já que iria preparar algo para eu comer, preparava tambem algo para ele comer.

- Deixe para comer coisas não saudáveis quando eu não estiver aqui.

Respondi para ele, levando o pratinho da Sophie até a mesa e pedindo para ele dar a comida para ela enquanto terminava o nosso, voltamos a falar sobre o Ministério da Magia e Ethan começou a me contar a decisão dele sobre não querer caçar as pessoas, eu sabia que se não fosse algo sério, Ethan não estaria comentando sobre isso e se aquele era um assunto sério para Ethan, eu começava a me preocupar, principalmente quando ele, mais uma vez, disse que conversaria depois, provavelmente não querendo que Sophie escutasse.

- As coisas estão normais, dentro do possível, tem um certo clima de tensão no ar, principalmente com alguns professores... Acho que todos estão preocupados. - Coloquei os pratos sobre a mesa, levitando a tigela de arroz e Strogonoff, enquanto continuava a falar. - Eu confesso que sinto falta da época que entrei para Hogwarts e que não tinhamos essas preocupações... Se não fosse por você e por Sophie, eu ia adorar pegar um vira-tempo e viver naquela época.

O respondi vendo que Sophie havia adormecido em seu colo e Ethan foi leva-la para o quarto, terminei de ajeitar a mesa, preparando suco para nós dois e colocando sobre a mesa também, me sentei esperando Ethan retornar.

- Acho que ela faz isso só quando está perto do papai...

Comentei sorrindo docemente para ele e começamos a jantar, enquanto comiamos, Ethan começou a me falar sobre o que ele não queria contar perto de Sophie. Eu comecei a escutar o que ele fava sobre os sumiços dos aurores, torturas e me bateu uma aflição ao saber que algumas pessoas tem sido levadas até o ministério e não voltam mais, eu tentei disfarçar, mas pensar em Ethan ser uma dessas pessoas, fez minha fome ir totalmente embora, no lugar disso surgir apenas um embolo, ele me pediu para afastar Sophie e me manter afastada de trouxas ou mestiços, para não termos problemas, a questão era que eu era mestiça e algumas coisas começaram a se ligar na minha cabeça, e se as pessoas que iam para o Ministério e simplesmente desapareciam, era porque eram pessoas que mantinham o contato com trouxas ou mestiços? Se fosse isso Ethan corria perigo ao estar casado comigo e Sophie também, senti a mão dele segurando a minha.

- Ethan... Meu pai é trouxa... Eu sou mestiça... - Falei com a voz baixa, lembrando-o disso, meu pai era alguém que eu tentava esquecer, eu não falava muito dele, então era normal se ele não se lembrasse. - Eu não sei como andam as coisas por lá, mas se descobrirem que você é casada com uma mestiça... Talvez você seja o próximo a não voltar mais...

A decisão que eu estava para tomar era extremamente difícil mas talvez fosse o mais seguro para Ethan e Sophie, eu os amava e não poderia deixa-los correr perigo por minha causa.

- Talvez seja o mais seguro para você e para Sophie ficarem juntos, eu posso voltar a morar na minha casa em Hogsmeads e nos divorciamos até as coisas voltarem ao normal... Pode ser perigoso para vocês dois ficarem comigo...

Eu não queria ficar sozinha, a ultima coisa que eu iria querer era ficar longe de Ethan e de nossa filha, eu os amava demais, por isso tive que conter minha emoção ao falar isso, eu não olhava para Ethan, só para a mão dele que estava segurando a minha, porque naquele momento eu sentia meus olhos arderem, eu não queria ficar longe da minha família.




INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: SOPHIE E ETHAN
CITOU: ETHAN, NAPOLEON, FLEUR E SOPHIE
OBSERVAÇÕES QUALQUER COISA DIGA QUE EU EDITO

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Ethan de La Noue
Funcionário(a) Ministério
Funcionário(a) Ministério
avatar

Mensagens : 114
Data de inscrição : 23/01/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Qua Fev 15, 2012 11:49 am




"... Whatever's out there waiting for me. I'm going to faced it willingly
...."




Arqueei a sobrancelha ao ouvir Liz falar que o pai dela era trouxa, disso ele já sabia a séculos, praticamente desde que começaram a ficar juntos, não havia muita novidade nisso exatamente. E tentou acompanhar o raciocínio dela, não sabendo se ria ou se lhe dava boas palmadas. Sacudindo a cabeça e decidindo dar uma risada baixa e a puxar pro seu colo.



-Elizabeth, eu não sei bem como sua mente funciona... Mas quando eu me casei já sabia que você era mestiça, dos possíveis problemas não comente com isso, como o fato de você roncar...-Falou vendo o rosto dela de triste ficar um pouco irritado. E sorriu segurando sua face. -Não seja tola, nada vai acontecer, estamos seguros e bem quanto ao ministério.-Falei a beijando nos lábios da forma que eu queria desde que ela havia chegado ali com Sophie.



A apertando junto a mim, aprofundando o beijo, enquanto a segurava firme em meu colo. Descendo beijos suaves e úmidos pelo pescoço dela, e sorrindo ao notar sua reação. Voltando a lhe beijar os lábios, sabendo que essa sempre foi a melhor forma quando ela tinha pensamentos tão pessimistas ou estranhos. Me separando dela e acariciando sua face.



-Estamos entendidos, senhora de La Noue?-Questionri sério acariciando sua face rosada. -Vamos decorar a casa, eu sei que é isso que você quer...-Falei me erguendo e a abraçando por trás, apoiando meu queixo em seu ombro. -E depois vamos pra cama... Ela tem estado fria demais...-Falou baixo no ouvido dela, rindo da face rubra e lhe beijando a bochecha, ajudando a arrumar a louça, e mesa, e depois começando o tormento da decoração, que a maior parte ela fez, ele apenas foi o homem do pinheiro, arrumando este, fincando firme no chão e levitando os presentes pra base da arvore. Suspirando ao ver sua sala tomada por coisas voadoras, brilhos, coisa felpudas penduradas. Um dia ele iria se acostumar com aquilo.. Um dia, não hoje.



-Você a cada ano se supera... E não é um elogio em termos dessa decoração...-Comentei rindo ao ver ela disputar e desistir deixando o enfeite para Napoleon, era sempre assim os dois pareciam duas crianças a brigar pelas coisas. Assim que esta terminou observou a sala totalmente modificada. E deu os ombros, não podia conter Liz nesses momentos mesmo, e sua expressão de felicidade era tão grande que nem sequer se atrevia a tentar conter ela. Pois gostava daquela expressão.



-Vamos pra cama...-Murmurou baixo no ouvido dela, mordendo seu pescoço e jogando uma bola de enfeite para Napoleon, a pegando no colo e a levando pro quarto. A depositando no chão, sabendo que ela iria ver Sophie. E sorriu, fechando as cortinas e deixando o ambiente a meia luz como ela tanto gostava. -Eu coloquei um feitiço de som no berço dela..-Falou observando a esposa. -Feliz Natal, Elizabeth de La Noue.-Murmurou no ouvido dela a beijando apaixonadamente enquanto a trazia mais e mais para si.








Coldplay – Paradise


OBS: qualquer coisa fala que eu edito.
.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabeth Cunningham

avatar

Mensagens : 329
Data de inscrição : 12/12/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 6
Ataque: 9
Defesa: 5

MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   Dom Fev 19, 2012 9:44 pm




 


NATAL EM FAMÍLIA


Christmas Eve With You





Post 04:
 

Quando Ethan comentara sobre a minha aproximação em relação a trouxas, trouxas de nascença e mestiços, algo me fez ficar preocupada com Ethan e com Sophie, o fato de eu ser mestiça e eu apresentava perigo para eles, quero dizer, em relação ao ministério, minha aproximação deles, podia coloca-los em perigo, já que Ethan era sangue puro, e Sophie por ser filha de dois bruxos, também era. Talvez fosse melhor eu me afastar deles, mas ao falar isso com Ethan, ele não concordou muito, me fazendo esquecer do assunto ao me beijar.

Não foi um beijo simples, como trocavamos todas as vezes que Sophie estava perto de nós e acordada, dessa vez era um beijo mais profundo que descera pelo meu pescoço, me causando arrepios, sim Ethan e eu estavamos casados a um certo tempo, morávamos juntos, tinhamos uma filha juntos, mas eu sempre ficaria arrepiada com os toques dele, isso nunca mudaria.

E então ele resolveu ocupar totalmente a minha mente com outra coisa, a decoração da casa, ele sabe que eu adorava isso, principalmente quando se tratava de decoração de Natal, mas talvez o melhor convite da noite foi o feito em seguida, o que deixou minha face rubra.

- Sophie vai puxar a mim, então daqui a alguns anos serão duas mulheres decorando o lugar, acostume-se Sr. de La Noue.

Disse rindo para ele antes de entrar em uma disputa por um enfeito com Napoleon, desistindo no fim e deixando para ele, não faria falta, o local estava lindo, tudo estava maravilhoso ao nosso redor, realmente eu tinha me superado e na minua opinião isso era um elogio.

Senti Ethan se aproximar de mim me chamando para a cama com ele, sentindo a leve mordida dele em meu pescoço que me causava ainda mais arrepios e depois ele me pegando no colo e me levando para o quarto, mas antes de aproveitarmos a noite, eu fui ver Sophie que dormia tranquilamente, me abaixando em seu berço e dando um beijo de leve em sua bochecha, sentindo o quarto ficando mais escuro e olhei para Ethan que logo me disse ter colocado um feitiço de som no berço de Sophie, que me fez dar um sorriso com a face um pouco rosada.

- Então o senhor meu marido pensa em tudo pelo visto. - Disse me aproximando dele - Feliz natal Sr. de La Noue...

Disse enquanto em uma voz mais baixa beijando-o apaixonadamente e não demorou muito para que fossemos para a cama, aproveitando o Natal da forma que mais gostávamos.



INFORMAÇÕES SOBRE O POST
FALOU COM: ETHAN
CITOU: ETHAN, NAPOLEON E SOPHIE
OBSERVAÇÕES AÇÃO FINALIZADA

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mionelefayblog.wordpress.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Residencia de Ethan de La Noue - Irlanda
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» O perigo remanescente | Missão One-Post [Ethan Nakamura]
» Sala de Informática — Ergonomia (Professor Ethan Von Schnee)
» Iniciando a Jornada - Ethan Miyazaki
» [Treinando] Ethan S.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: Residência - Mundo Bruxo e Trouxa-
Ir para: