Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON



Fundadores



Protego

Compartilhe | 
 

 Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Salazar Slytherin
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 608
Data de inscrição : 17/07/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 14
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley   Seg Dez 19, 2011 8:58 pm

Aposentos destinados as alunas:

Ariel Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley


Em seus posts devem conter a DATA do mesmo. E a ULTIMA que postar deve por abaixo em negrito, tamanho 18:
Ações do dia.... FINALIZADAS.


__________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Angus Mayfair
Aluno(a) Sonserina
Aluno(a) Sonserina
avatar

Mensagens : 770
Data de inscrição : 06/10/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 3
Ataque: 4
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley   Dom Jan 15, 2012 3:14 pm

Dia 21 de Outubro de 1804
Período: Manhã
RP: Fechada para apenas conclusão da primeira etapa.


Eu já estava no inferno não? Então não custava nada eu sair abraçando a filha do satã em pessoa, eu sei, eu sei, fui estúpido o suficiente pra beber aquele maldito suco de abóbora e enfim perder a chance de dar continuidade a familia Mayfair... não podia deixar de pensar no quanto meus pais iam pegar no meu pé, e o pai de Pandora no mínimo iria rir tanto da minha cara que eu jamais iria querer sair para ver a luz do sol outra vez.

- Vamos lá Angus... é hora de manter a calma, ninguém consegue resolver NADA apavorado desse jeito... - eu dizia baixinho a mim mesmo, ahhh pára, quem eu estava querendo enganar... eu estava desesperado, não sabia onde correr a não ser para a Ruiva e ver se ela tinha sido responsável por tal feito, ok, eu duvidava disso mas sou um garoto de 15 anos não? Minha profissão é achar culpados para tudo o que acontece com a minha pessoa!

Pé por pé, fui andando até a porta do dormitório dos meninos e disfarçadamente andei até a ala feminina, sabem todos dizem que há feitiços impedindo a entrada de garotos na Ala feminina mas como eu estava conseguindo chegar até lá era um tremendo mistério, ou não, esqueci que o motivo de eu estar indo até lá e o fato de eu "SER UMA GAROTA!!!"

Fiquei escondido atrás de uma armadura e quando vi que a "Hey Marujos" desceu as escadas eu a subi, lentamente. Sabem uma coisa boa de ser um sonserino é que eles não ficam olhando muito para a cara uns dos outros sabem? Tecnicamente cada um cuida do próprio umbigo.

- Pronto... agora é torcer para que a Ruiva esteja dormindo ainda... - abri a porta do quarto e olhei em volta, a cama dela estava toda emaranhada num bolo e vi um montinho de cabelo cor de fogo por sobre os cobertores e então respirei aliviado, só ela estava no quarto. Tranquei a porta e corri acorda-la - RUIVAAAAAAAAA ACORDA É UM CASO DE VIDA OU MORTEEEEEEE....

Resultado, foi um belo coice me jogando para fora da cama e uma cara de espanto do tamanho de um bonde.

- Dá pra você parar de fazer escandalo???? - tentei dizer mas quem diz que aquela coisa ruiva me escuta - O único que pode fazer escandalos aqui sou euuu ok???? Tá vendo isso??? - disse abrindo a camisa do pijama e mostrando os meus "dois montes" pra ela - São o que você chama de Tuis-tuis... ontem eu fui dormir sem eles e agora ACORDEI COM ELES você sabe o que é isso pra um cara????

POFF, levei foi uma travesseirada na cabeça e ela sair berrando feito doida pelo dormitório. ÓTIMO agora além de ser um cara no corpo de uma garota, ainda to ganhando fama de tarada...

- Locomotor Mortis!! - disse rapidamente e Pandora despencou na cama - Desculpa mas foi você quem me fez usar isso ué... além do mais você sabe que sou bom nesse feitiço... é é não deu pra perceber que sou o Angus??? O fogo do seu cabelo fritou seu cérebro garota??? -sério eu queria saber como eu ia convencer a ela de que eu era quem dizia ser, afinal nem eu mesmo estava acreditando em tal maluquice. Mas depois de mais ou menos uma meia hora (eu acho) ela finalmente pareceu se convencer - E como é que eu vou saber??? Eu jurava que tinha sido você a fazer isso... mas... - então olhei para onde antigamente ficava o "orgulho do papai" - ... você não ia fazer isso... pelo menos "não isso"... - Então levantei e puxei as minhas calças do pijama que como disse estavam caindo - ... Tá, tá, eu sei... acho que o Miles está com o mesmo problema... a gente bebeu suco de abóbora de duas garrafinhas ontem na sala de poções... - então ela riu na minha cara por ter sido tão burro - ... isso vai... ria da desgraça alheia... escute... você vai me ajudar ou não???? Porque eu preciso de roupas ok???

No momento eu precisava eram de roupas para poder transitar pelo castelo e ir até o banheiro feminino encontrar o Miles, afinal, tinhamos de resolver essa parada o quanto antes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Pandora Madley
Aluno(a) Sonserina
Aluno(a) Sonserina
avatar

Mensagens : 1160
Data de inscrição : 26/09/2010

Ficha do personagem
Agilidade: 4
Ataque: 3
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley   Seg Jan 16, 2012 3:56 pm

Cama, havia algo que eu amava mais que minha cama, cookies, então se fosse cookies na cama, seria perfeito. Logo lá estou eu embrulhada, Conviver com Ariel é legal, ela é divertida e insana, logo nos damos bem, na verdade eu vendo coisas a ela e ela me vende. Acho que formamos bons negócios enfim. Após ela tentar me tirar da cama sem sucesso, eu voltei a dormir, aulas? Quem precisa de aula de estudo dos trouxas me digam? Por que infernos eu ia a aula dele? Okay o professor é lindo, mas a matéria é chata. Logo dormir é fundamental para o brilho de meus fios ruivos...

Mas sabe quando alguém tenta te tirar de um sonho maravilhoso que envolvia o professor de poções, um caldeirão e gravatas? O.O bem foi isso, alguém berrava nos meus ouvidos sensíveis e me sacudia, logo meti o pé na infeliz, quem era aquela garota que OUSAVA entrar no MEU dormitório e me acordar DAQUELA FORMA? Ela quer morrer?

-QUEM VOCÊ PENSA QUE É SUA BISCA, PRA ME ACORDAR? -Falei ou melhor berrei já pegando a varinha que tava a mão e enfiando na barriga dela. Ela ia ver onde mais eu ia enfiar a varinha já já O.O e o que ela fez? Ela disse que só ela poderia fazer escândalos, e ABRIU A CAMISA, me mostrando os TUIS TUIS DELA! VISÃO DO INFERNO, ALGUEM ME MATA AGORA, NÃO NÃO ME MATE EU VOU MATAR ELA ANTES.

-SUA TARADA, SAPATONA!!!!!!!!!!!!!!!! -Berrei e taquei o travesseiro na maluca, ja correndo pela porta, eu sabia que a coisa do Aaron dar chá aos alunos faria mal, estavam todos sendo corrompidos ali, eu seria molestada por aquela bisca, ela me levaria ao mau caminho da piro forma possível, ALO eu ODEIO ARANHAS, e ela tinha uma concha, eu não ia por as conchas pra fecharem O.O. e lá fui eu pro chão e depois pra cama EU SABIA ELA QUER MEU CORPO NU!

-Não ouse tocar em mim sua .....sua SAFADA! EU VOU TE DENUNCIAR, EU VOU CHAMAR O SALAZAR, EU VOU ARRANCAR TEUS CABELOS, EU NÃO GOSTO DE CONCHASSSSSSS, SAID E CIMA PESTE, EU GOSOT DE PINO, SAI DAQUI! -Berrei tentando me soltar daquela louca desvairada, que dizia ser o ANGUS, okay eu não falava com o Angus mais direito, mas eu havia convivido com ele a VIDA TODA, e eu sabia que ele tinha um pino O.O

Porém após muita coisa dita, bem coisas que somente a peste do Angus poeria saber eu arregalei meus olhos, olhando pra ele, depois pros PEITOS dele, e depois pra cintura dele, dando uma cutucada ali E....SANTO MERLIN COM SEUS BALAÇOS BALANÇANTES E PINO ATIVO....

-Angus… VOCÊ MUDOU DE SEXO? -Falei e pronto descambei a gargalhar, gente como isso me acontece? Gente ele TINHA PEITOS! Okay os meus são mais bonitos, mas ELE TINHA PEITOS. -Como você fez isso? EUUUUU, eu nem fiz nada dessa vez... O MILE? AHHAHAHAHAHA ELE VIROU MENINA TAMBÉM? DEUS, ASSIM VOCÊS ME MATAM... -Pronto eu cai na risada de novo, gente imagine o MILE DE MENINA?! Ouvindo ele falar que BEBERAM suco de garrafas desconhecidas...

-QUE BURROS... Você é um sonserino Angus, eu esperava mais de você... -Falei rindo e tossindo me erguendo da cama e olhando pra ele. –Eu vou separar umas roupas pra você e pro Mile, me manda uma coruja de onde posso encontrar as mocinhas...-Falei rindo sacudindo a cabeça. -Só uma dica, os tuistuis não devem ser expostos assim logo fecha sua blusa sim? -Falei gesticulando, okay que era o Angus ali, mas tipo ele tava meio semi nu com aqueles peitos aparecendo ali O.O

-Ahhh Uma pergunta... Os Balaços sumiram também? HAHAHAHHAHAHAHA Angus você tem conchinha!!!!! -Falei começando a procurar calcinha pra ele e Mile, aquilo seria MUITO interessante....




OFF
Até breve, separarei as MELHORES roupas =*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ariel Teach de Castilla
Aluno(a) Sonserina
Aluno(a) Sonserina
avatar

Mensagens : 111
Data de inscrição : 19/06/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 5
Ataque: 3
Defesa: 2

MensagemAssunto: Re: Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley   Dom Abr 08, 2012 5:42 am


Quinze de Fevereiro, quarta-feira
Madrugada, aproximadamente 3:20
continuação daqui




can't back out

I wanna fly, I wanna drive, I wanna go I wanna be apart of something I don't know And if you try to hold me back I might explode Baby by now you should know I can't be tamed I can't be tamed I can't be blamed---post 003



Meu sonho era bom. Em alguns momentos, pelo menos. Estava no mar, o navio balançava como de costume, o céu estava bonito, com gaivotas voando, o vento soprava em meu rosto e eu usava as melhores vestes de capitã que poderia existir. E então tudo ficava nublado e eu estava naquele trem idiota de novo, em minha cabine com o Eros deitado com a cabeça em meu colo. Mais uma vez, ele me forçou a ficar fazendo carinho nos cabelos dele. Cacheados. Eu fiz uma careta e o empurrei pro chão, foi quando o sonho mudou de novo. Agora eu estava de volta à sala da brincadeira da garrafa. E lá estava o Eros sorrindo daquele jeito irritantemente malicioso pra mim. Eu falava um monte de coisa e então ele me calava. Com um beijo. A cena mudou novamente, para a vez em que eu fui atrás dele, aquele dia idiota no corredor. Ele era levado embora pelas escadas, enquanto ria e mexia nos cabelos. De um jeito que eu o observava fazer quase que constantemente, porque várias cenas durante as aulas e banquetes foram surgindo como flashes. E então ele estava sorrindo de novo, enquanto eu xingava em espanhol. Ele se aproximou, tentando me beijar de novo, foi quando uma máscara surgiu no rosto dele, mas o sorriso malicioso estava lá, como sempre.

Foi quando eu acordei.

Fiquei um tempo encarando o teto, analisando as imagens que havia acabado de reviver. Acreditem em mim, eu NÃO SONHO com o Eros com frequência, só quando ele realmente me perturba naquele dia, ele me deixa tão nervosa que é meio inevitável, na maioria das vezes, eu estou fazendo ele andar na prancha. De qualquer forma, eu acabei me tocando de algo que havia acontecido nesse baile durante o sonho.

Cabelos cacheados. Mania de me calar me beijando. O jeito muito delator de mexer no cabelo. A única coisa que não se encaixava era a forma de beijar, mas de qualquer forma, ele era o Eros, não seguia regras. E pensando assim, eu arregalei mais ainda meus olhos enquanto me sentava na cama.

- Grego maldito! – eu esbravejei, enquanto atirava meu travesseiro do outro lado do quarto pela raiva.

A situação é a seguinte: Eros de Mileto havia me beijado no baile. Eu não teria me importado, se ele não tivesse simplesmente me recusado da última vez em que eu o procurei. Quem ele pensa que é pra agir assim comigo? Ou melhor, quem ele pensa que EU sou pra agir assim? Uma dessas garotas de Hogwarts que caem facilmente na lábia dele e que ele tem quando quer? Não, EU sou a capitã, ele só pode ter a mim quando EU quiser. Com máscara ou sem máscara, a regra continuava a mesma, e eu tinha que fazê-lo entender isso. Não é ele quem comanda, sou eu.

Praguejei de novo e me estiquei para puxar meu baú de debaixo da cama. Pandora resmungou de sua cama, mas eu a ignorei, logo ela voltou a dormir. Abri meu baú e tirei uma garrafa de Bellariel de lá. A última. Valia a pena, porque eu havia perdido meu sono e precisava ocupar o restante da minha madrugada com algo mais útil do que ficar pensando naquele grego mimado. Tirei a rolha da garrafa e passei o resto da madrugada bebendo, enquanto pensava em outro beijo que havia acontecido no baile.









[/color]

tagged: --- wearing: um pijama ae notes: agora sim, acabou o baile dela. ações finalizadas

by accio boy @ ops! i did it again!



AÇÕES FINALIZADAS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aposentos de Ariel Teach de Castilla & Pandora Madley
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Kit- Xerxes Break(Pandora Hearts)
» O QUE HOUVE EM PANDORA!!! AO MENOS DIZ NEH!
» Ato I - Ariel, Johan, Aeltlas e Baraz
» [US] Pandora Boxley-Ellen Degeneres Show
» Igual ao Tibia Global

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: Residência - Mundo Bruxo e Trouxa-
Ir para: