Fidelius RPG
Seja bem vindo(a) ao FIDELIUS RPG!!! Por favor se cadastre e em um prazo de UMA semana no máximo você será liberado(a) e fará parte do segredo.

Fidelius RPG

Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem!
 
FAQInícioPortalRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Direitos Autorais
Calendário ON



Fundadores



Protego

Compartilhe | 
 

 Castelo da família: de L'Arche

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Anthony de L'Arche
Aluno(a) Corvinal
Aluno(a) Corvinal
avatar

Mensagens : 69
Data de inscrição : 18/06/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 5
Ataque: 3
Defesa: 2

MensagemAssunto: Castelo da família: de L'Arche   Dom Jun 19, 2011 4:36 pm


Tal castelo teve sua construção iniciada em pleno século X, Situado entre dois vales altos,, todo este foi feito para ser aconchegante e ao mesmo tempo todas as janelas do mesmo e torres dão uma excelente visão de todo o terreno.Ao qual em uma parte existe uma criação de hipogrifos, atrás do castelo uma pequena floresta foi mantida e nesta é possivel achar unicórnios, entre outros animais mágicos e não mágicos. Envolta de todo terreno árvores altas se ocupam em dar mais privacidade a tal familia, não que realmente fosse preciso já que feitiços de proteção e a distancia de qualquer vilarejo trouxa ou bruxo já se encarregam disso.[/b][/size][/font][/center][/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rikke Nørgaard
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 193
Data de inscrição : 15/03/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 3
Ataque: 4
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Castelo da família: de L'Arche   Sab Nov 26, 2011 11:55 pm

RP FECHADA
14 de Fevereiro de 1804


Rikke&Anthony
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rikke Nørgaard
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 193
Data de inscrição : 15/03/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 3
Ataque: 4
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Castelo da família: de L'Arche   Sab Nov 26, 2011 11:58 pm





you are one of the best things that's ever happened to me
you're my love and my best friend




••• Anthony

Então, hoje seria aquele festival lindo e famoso na casa daquele Sir muito conhecido. Okay, eu sou péssima para decorar nomes, mesmo. O importante é que tinha recebido um convite para o evento e ele se encontrava em algum lugar na confusão que estava no meu quarto, hum. Roupas estavam espalhadas por todo o lado, e bem, digamos que eu tinha ido ao quarto de meu irmão Math e pegado emprestado algumas roupas masculinas. Para que? Bem, vocês já iriam descobrir!


O problema é que eu não ficaria em casa hoje, por nada do MUNDO! O meu pai teve a excelente ideia de convidar meu talvez futuro pretendente e a sua família para um jantar formal e bem… eu tenho cara de quem me quero casar daqui a um ano ou dois?? Ainda nem terminei as minhas lições de magia! Tá, tem toda aquela coisa de
‘é muito importante, eles serão grandes aliados e blabla.’ Mas o garoto é OITO anos mais velho que eu! Então, eu vou no festival e vou visitar meus amigos ou até uma parte bem distante da minha família só para não ficar ali. Anniken me daria cobertura, claro. E minha irmã, Bel. Ela não achara graça no garoto. Bem, eu não sabia o que diria quando voltasse a encarar o meu pai, mas que eu não ficaria ali esperando o resultado do jantar, isso eu não ficaria.


Enfim, então eu tive a excelente ideia de me vestir com as roupas de meu irmão, já que não tem como eu usar Flu no meu quarto, ou em qualquer compartimento próximo dele. Ou seja eu teria que descer até ao escritório e ter que parecer um garoto para ninguém me obrigar a ficar em casa. E bem, até que era bem simples. Às vezes, eu fazia essas brincadeiras quando era mais nova. A questão é que na altura meu corpo não tinha tantas… curvas femininas. Eu estava a crescer e não podia fazer nada, mesmo que ainda tivesse o mesmo espírito moleca.


Então comecei a tirar o meu vestido, assim como as meias e todos os utensílios femininos. Ficando só com a roupa interior, ou seria muito estranho usar ceroulas. Bem, peguei em uma blusa larga para não se notar muito os meus seios e coloquei também a calça. Ou seja, vesti a roupa como vira meu irmão fazer inúmeras vezes. Um apertão ali, um apertão além, e depois das botas eu estava mais parecida com um rapaz. O problema mesmo era o cabelo. Bem, não havia grande coisa que eu pudesse fazer… apenas o prendi e coloquei um chapéu por cima de meus cabelos sedosos.

Eu lembrava aquela garota pirata que tinha estudado comigo em Hogwarts. Nunca soube o nome dela, mas na altura achei as suas roupas fascinantes *-* e bem, agora era minha vez de experimentar algo diferente de vestidos. Até que o resultado não estava nada mal. Apenas notariam que eu não era um garoto se olhassem bem para o meu rosto, porque o chapéu cobria uma parte da minha testa e dava sombra para o resto. Pronto, coloquei uma bolsinha de pele em um dos bolsos do casaco e fui até a porta do meu quarto, abrindo devagarzinho, espreitando se alguém estava no corredor. E estava vazio. Eu teria de agir normalmente, tendo aquele passe de homem bem macho – sinceramente as vezes acho algo ridículo. Mas enfim não tive muitas dificuldades em descer as escadas. Vi dois elfos, mas eles nem levantaram o olhar e vi minha mãe de longe, também. Mas eu já estava diante o escritório, então nem deve ter notado a diferença entre mim e meu irmão.

Respirei fundo e dei saltinhos de alegria! AHA! Quem é mais esperto agora? Ainda bem que a lareira não estava bloqueada! Afinal minha família era enorme, então nós estamos sempre na casa um dos outros. Ponto para mim. Rapidamente me aproximei da lareira e peguei em um pouco de pó de Flú.
– Quarto de Anthony, Castelo L’Arche! – exclamei soltando o pó e sentindo as labaredas multicolores me rodearem e aquecerem um pouco. Tudo começou a rodar e por fim eu tropecei para fora da lareira, em um lugar diferente, mas ao mesmo tempo familiar.
Tinha chegado *-*. E bem, talvez não no momento mais oportuno, mas parecia o mais certo. É que na minha frente estava… uma escultura grega, celta, romana… não, nenhuma delas fazia jus ao que eu estava a ver e… EU JURO QUE ME DESEQUILIBREI e tive que me segurar na coisa mais próxima de mim, uma poltrona. ELE ESTAVA SÓ DE CALÇA! Quer dizer… quando meu melhor amigo ficou assim gato? Porque ninguém me avisou? Não PODE!

Eu engasgei e comecei a tossir, vendo a expressão de incredulidade dele ao tentar vestir a blusa. Quase me senti tentada a dizer:
‘Não precisaa! Está perfeito assim!’ E sinceramente eu estava chocada comigo. Quer dizer ele é meu amigo! Eu não posso achar essas coisas dele! – Hey, não me olhe assim! Eu não tenho como saber se você está pelado ou vestido! E… - enruguei um pouco a testa e depois revirei os olhos. –ANTHONY! Não fala assim comigo! Sou eu, seu chato! – retirei o chapéu e meus cabelos loiros e longos caíram pelos meus ombros. Tá, o meu disfarce devia estar muito bom se eu até tinha confundido a pessoa que melhor me conhecia. Mas enfim, a questão é que eu consegui sair de casa e tão cedo não voltaria.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Anthony de L'Arche
Aluno(a) Corvinal
Aluno(a) Corvinal
avatar

Mensagens : 69
Data de inscrição : 18/06/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 5
Ataque: 3
Defesa: 2

MensagemAssunto: Re: Castelo da família: de L'Arche   Dom Nov 27, 2011 2:26 pm

Eu havia acordado tarde, extremamente tarde naquele dia. Tudo bem que isso estava ocorrendo com freqüência, afinal desde que Hogwarts foi fechada aulas em casa haviam se tornado rotineiras, e logicamente um pouco maçantes. Mas ainda assim era preciso afinal eu queria concluir meus estudos, com isso algumas coisas foram colocadas de lados. Quero dizer não esquecidas é claro. Amigos foram uma dessas coisas. Fazia tempo que eu não tinha contato direto com alguns, outros apenas por cartas.

Algo que não havia mudado era minha rotina de tocar violão antes de dormir de madrugada, após é claro por feitiço para que ninguém ouça o que estou tocando, acredite minha família é maravilhosa, mas não os tente tentando colocar coisas trouxas dentro de nossa casa, é bom não testar até que ponto são realmente boas pessoas entende?

Após eu arrumar meu quarto que estava realmente uma zona, fui tomar banho e começar a me vestir, afinal eu havia recebido um convite para ir a uma feira medieval que parecia ser bem interessante. Tentei contatar Rich, Rikke e outros. Mas desisti quando entendi que se eu havia recebido a probabilidade deles também era grande. Estava terminando de por minha camisa quando algo saiu de minha lareira, algo sujo de fumaça e ao que parecia... O que um garoto tava fazendo em meu quarto?!

”Se for alguma piada de alguém eu mato”-Pensei já encarando o ser, que me encarava de forma estranha. Arquei a sobrancelha principalmente ao ouvir o que este falava e a voz do mesmo.

-Olha se você está procurando alguém, com certeza não sou eu. Quanto a parte de estar vestido, leve como um brinde e saia antes que eu estupore sua cabeça.-Falei calmamente girando a varinha entre meus dedos e então PÁ, veio a surpresa aquele ser era RIKKE, será que ela havia tido novas tendências e agora.. Bem era um desperdício mas eu iria apoiar ela mesmo que ela tivesse mudado suas preferências....

–Sério, nada contra se você quer ser um menino. Mas O que você andou aprontando?-Questionou encarando ela de forma séria, antes de começar a rir diante das informações indo até ela e a abraçando. A soltando e pegando um saquinho de moedas, e uma bolsa de couro, colocando a varinha no casaco.

-Certo vamos sair daqui, antes que minha mãe a veja, na feira compramos algum vestido pra você... Iremos conversar depois mocinha.. Agora vamos logo.-Falei rindo e entrando na lareira jogando pó de flú e sumindo nas chamas...




CONT AQUI: http://fidelius-rpg.forumeiros.com/t1388-rp-aberta-ano-de-1804-fevereiro#37599
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rikke Nørgaard
Aluno(a) Grifinória
Aluno(a) Grifinória
avatar

Mensagens : 193
Data de inscrição : 15/03/2011

Ficha do personagem
Agilidade: 3
Ataque: 4
Defesa: 3

MensagemAssunto: Re: Castelo da família: de L'Arche   Dom Nov 27, 2011 3:41 pm





you are one of the best things that's ever happened to me
you're my love and my best friend




••• Anthony
Então, eu estava no quarto de Anthony, meu melhor amigo desde que eu sou bem pequenina. Sabe aquele amigo que está sempre do seu lado, em todos os momentos? Quando você precisa mais e blablabla. Sempre me protegendo e aprontando juntos. A questão é que eu nunca olhei para ele como um… garoto. Quer dizer eu sei que ele é um garoto, mas para mim, sempre foi meu irmão, companheiro. E bem… neste momento eu estava a vê-lo com outros olhos, da maneira que uma menina olha para um menino interessante. E não estava a gostar nada disso… porque ele continuava a ser o mesmo Thony de sempre. Okay, isto é muito muito confuso! Vamos esquecer. Me fez mal ficar tanto tempo sem vê-lo, foi isso! Afinal, falar por cartas não é o mesmo que falar pessoalmente.

Enfim, Thony não me tinha reconhecido e ameaçava me machucar, vê se pode? Ai dele que tente algo, horas! Eu posso ser pequenina mas sou rápida com a varinha. Nunca perdi um duelo. Suspirei e tirei meu chapéu e sinceramente eu RI MUITO com a expressão dele! Acho que ele não gosta de me ver assim vestida. E depois começou a fazer piadinha.

Bufei de leve e mostrei a língua para ele.
– Eu não quero ser menino, seu chato. Mas foi o único jeito de eu fugir de casa! Peguei as roupas de meu irmão emprestadas. Meu pai está tendo umas ideias doidas e hoje eu não ficaria em casa por nada… - okay, eu não disse nada sobre meu pretendente e meu pai me querer casar, mas acho que ele notou que algo estava errado comigo, pelo modo que me olhou. Afinal ele sempre sabe tudo de mim. – E como hoje tem aquela feira super interessante, vim aqui para você ir comigo! – ri e retribui o abraço dele, sentindo o corpo quente dele. Oh, como eu sentia falta desse abraço gostoso! É, meus amigos me fazem falta.

Voltei a colocar o chapéu sobre os meus cabelos enquanto Thony arrumava as suas coisas para irmos. E ele tinha razão. Tia Brianna realmente tomaria um susto se me visse assim vestida. Ao canto da cama estava o violão de Thony e eu pensei se ele andaria praticando. E tinha que falar com ele sobre as aulas de animagia. Eu estava tendo dificuldade em me concentrar e controlar para me transformar por alguns segundos, com a ajuda da poção. A última vez que tentei, só apareceu uma cauda malhada bem fofinha e umas orelhas pontiagudas.

Anthony entrou na lareira e eu fui em seguida, lançando o pó de Flú mais uma vez e sumindo para outro lugar…


continua: http://fidelius-rpg.forumeiros.com/t1388-rp-aberta-ano-de-1804-fevereiro#37599





Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Castelo da família: de L'Arche   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Castelo da família: de L'Arche
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [pedido] tileset castelo, masmorra, estabelecimento congelado
» Família Donati
» Família Salvatore
» Família Miller
» Família Wittelsbach

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fidelius RPG :: POSTS 6º ANO :: Residência - Mundo Bruxo e Trouxa-
Ir para: